segunda-feira, 20 de outubro de 2014

É CASO DE POLÍCIA: PRINCIPAIS OCORRÊNCIAS

Iguatu-CE: Homem é encontrado morto com arma na cintura

A Polícia Militar foi informada por volta das 19h00 deste sábado de que um homem teria sido assassinado a tiros em uma rua da Vila Daer, em Iguatu. Ao chegarem ao local, policiais se depararam com um homem no chão já sem vida.

Os agentes não encontraram nenhuma documentação que pudesse identificar a vítima e com a chegada da Perícia Forense, descobriram que ele portava um revólver calibre 38 da marca Taurus na cintura, assim como uma moto YBR Factor de cor preta e sem placa próximo ao seu corpo.

A arma tinha seis munições, todas intactas que foram encaminhadas junto com a motocicleta para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu para que fossem tomadas as medidas cabíveis.

Miséria

Acidente mata uma pessoa e deixa carro partido ao meio na CE-350

Uma pessoa morreu e outra ficou gravemente ferida em um acidente na CE-350, km 7, na cidade de Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza, na tarde deste domingo, 19. Um carro Gol, de placa HUF-0170 sobrou numa curva, colidiu com um poste e ficou partido ao meio.

O motorista e um passageiro fugiram. Outros dois passageiros foram socorridos e um deles morreu a caminho do hospital, conforme informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE).

 O POVO

Polícia apreende menores acusados de tentar assaltar a sede do Totolec Show de Iguatu

No último sábado, 18, por volta das 19h15min aconteceu uma tentativa de assalto ao prédio do Totolec Show de Iguatu que está localizado na Rua Cel. Virgílio Correia, Nº 42, sala D, Shopping Premier. Após a ação criminosa os militares foram ao local e receberam a informação do proprietário do estabelecimento comercial, onde afirmou que, dois homens com uma arma de fogo em punho, entraram no estabelecimento anunciando o roubo, porém desistiram da ação e evadiram-se sem rumo ignorado.

  Mas após várias diligências uma viatura da PM conseguiu localizar os suspeitos, no Bairro Lagoa Park, no qual as características descritas pelo proprietário do estabelecimento eram as mesmas.

E na abordagem foram encontrados dois menores de idade, em atitude suspeita, o primeiro trata-se de A. D. DE L., 16 anos com ele foi encontrado um revólver calibre 38, marca Taurus oxidado, com capacidade para seis tiros, com cinco munições intactas e uma deflagrada, o mesmo encontrava-se com o segundo suspeito em uma motocicleta.

J. F. DA S., 16 anos, que conduzia uma motocicleta Honda Pop 100, de cor preta. Os policiais militares apreenderam os suspeitos, a arma e a motocicleta, e apresentaram a autoridade policial, na Delegacia de Polícia Civil Regional de Iguatu para os procedimentos cabíveis.

Iguatu.Net

Camilo critica demagogia e Eunício diz que adversário não diz a verdade

Os candidatos ao governo do Estado, Camilo Santana (PT) e Eunício Oliveira (PMDB), no primeiro bloco do debate, responderam perguntas sobre Educação e Segurança Pública, respectivamente. Em meio às respostas, Camilo, sem se referir diretamente ao adversário, criticou demagogia; já Eunício Oliveira acusou o petista de não falar a verdade sobre escolas de tempo integral.

Camilo Santana (PT) foi o primeiro candidato a responder a pergunta da produção do programa. O tema definido para o candidato foi Educação: “Quais ações eu governo adotaria para melhorar a qualidade da educação dentro da sala de aula?”.
...................
Camilo destacou ter escolhido sua candidata a vice, a ex-secretária da Educação Izolda Cela, com foco na situação da Educação do Ceará. Ele prometeu levar progressivamente para o Interior do Estado a escola de tempo integral. “O Ceará não tinha nenhuma escola profissionalizante, agora temos 107”, frisou Camilo. Camilo prometeu ainda levar para todos os municípios cearenses a escola de tempo integral e transformar as escolas de ensino médio em escolas de tempo integral.

O adversário Eunício Oliveira, ao comentar a resposta, rebateu Camilo dizendo que as escolas de tempo integral “não aconteceram no Ceará”. As escolas de que Camilo fala, segundo Eunício, têm estrutura diferenciada que não são ofertadas para a maioria da população. “O Ceará tem, hoje, cerca de apenas 10% de alunos que estão nas escolas de tempo integral”, disse Eunício. O peemedebista prometeu que, se eleito, levará 200 mil alunos para escolas de tempo integral, “escolas que não são apenas curriculares, mas dão ao jovem a oportunidade de fazer no segundo tempo uma complementação com esporte, lazer”, disse Eunício.

Camilo, em sua tréplica, frisou que conversou com pais de alunos pelo Estado que contaram como mudou a vida da família após a entrada dos filhos em escolas profissionalizantes. “O Ministério da Educação tem o Ceará hoje com a maior rede de escolas”, afirmou. Ele prometeu criar centros de língua estrangeira para os jovens. “Não tratamos essa questão como demagogia porque estamos falando do futuro”, disse.

Eunício Oliveira

A segunda pergunta foi para o candidato Eunício Oliveira. O tema foi segurança pública: “O Ronda do Quarteirão foi a grande vedete do debate eleitoral há duas campanhas, nesse tempo houve mudanças inclusive na filosofia, como seria a estrutura do Ronda em seu governo?”

Eunício prometeu “reabrir o diálogo com a Polícia”. “Há hoje um distanciamento enorme entre a Polícia Civil e a Policia Militar”, afirmou. “O Ronda foi criado como uma terceira policia dentro das policias. Não resolveu a violência”, criticou. “Estamos em um Estado em que a cada duas horas morre um cearense tragado pela violência”,acrescentou. Eunício disse que as polícias não foram qualificadas e não promoção “adequada” na carreira dos policiais.”Reabrir o diálogo é a primeira coisa a fazer”, prometeu.

Em seu comentário à resposta, Camilo destacou que o Ceará vive uma epidemia e disse que é preciso tratar a questão “com responsabilidade”. Ele prometeu aumentar de 45 para 155 o número de equipes do Raio em Fortaleza e na Região Metropolitana, além de criar o programa Abraça Ceará que trabalhará 14 áreas já identificadas. “Vou colocar câmera em 100% das áreas mais críticas de Fortaleza, nessas áreas terá escolas de tempo integral, áreas de esporte e lazer, vou fazer uma grande mudança, mudando a forma de promoção, fazer a revisão salarial de toda categorias”, pometeu.

Em contrapartida, Eunício disse que Camilo “fala muito e não diz a verdade para o telespectador”. Ele criticou que Camilo só use em seu programa os pontos positivos do atual governo e questionou porque as melhorias que ele promete não foram feitas durante os oito anos do governo de Cid Gomes (Pros) que o apóia.

Estrutura do debate

Ambos respondem a perguntas elaboradas pela produção do programa, em apenas um bloco, com os demais destinando-se a um confronto direto entre eles, com candidato perguntando a candidato. As regras foram acertadas na tarde da última quarta-feira, durante reunião de assessores com representantes do Grupo.

Durante cinco blocos, Camilo e Eunício debaterão, em dois deles, temas que dizem respeito à educação, desenvolvimento e emprego, funcionalismo público, recursos hídricos, saúde e segurança pública. Nos outros dois haverá tema livre.
Acompanhe o debate entre Camilo Santana e Eunício Oliveira

TV O POVO - UHF canal 48; NET canal 24; Multiplay canal 23

Rádio O POVO/CBN, FM 95,5  Redação O POVO Online

Fortaleza-CE: Pistoleiro ´Courinhas´ será julgado nesta segunda

José Enilson Couras, o ´Courinha´, pistoleiro acusado de participação em dezenas de crimes de homicídio no Ceará e no Piauí, vai a julgamento nesta segunda-feira, no Fórum Clóvis Beviláqua, por mais um assassinato a ele atribuído.

O crime em questão é a morte de Francisco Francinildo Fernandes da Silva, ocorrido em 9 de outubro de 1986. Na ocasião, a vítima foi alvejada com dois disparos de arma de fogo num bar localizado na rua do Cruzeiro, em Iguatu, a 380 quilômetros da Capital. Silva, antes de morrer, teria identificado ´Courinhas´ como autor dos disparos.

De acordo com relatos da época, o acusado se aproximou da vítima em seu carro, um veículo Del Rey, com os faróis apagados, e realizou dois disparos. O crime aconteceu pela madrugada. Francinildo identificou seu executor a testemunhas e faleceu pouco depois de ser baleado.

Temido

Apesar do homicídio ter acontecido na cidade do centro-sul cearense, o julgamento será em Fortaleza, uma vez que foi pedido pelo Ministério Público (MP) o desaforamento, isto é, o deslocamento do processo para outra comarca, alegando que o acusado poderia amedrontar os jurados da cidade de origem. Se obtiver a pena máxima, José Enilson poderá ser condenado a trinta anos de prisão.

José Enilson já foi julgado e condenado por outros homicídios. Em 2009, foi apenado pela morte do engenheiro José Ferreira Castelo Branco, o ´Castelinho´. O crime teria sido cometido a mando do coronel PM José Viriato Correia Lima, do Piauí.

Em fevereiro de 2010, ´Courinhas´ foi condenado a 15 anos por ter assassinado, em 1996, o comerciante Sinval Correia Braga, no município de Jucás, localizado a 407 quilômetros de Fortaleza. Em agosto daquele ano, foi punido com 14 anos de prisão pela morte de Manoel Cândido Diniz, em 1983.

Alguns dos crimes teriam sido executados para que os envolvidos pudessem se apossar de seguro de vida feitos pelas vítimas, que eram parentes dos assassinos apontados.

O advogado de ´Courinhas´, Luis Augusto Correia Lima de Oliveira, afirma que espera um desfecho breve do caso, e ressalta que a defesa está consciente da inocência do acusado, apesar do pré-julgamento que a sociedade impõe ao réu pelo seu passado. "Meu cliente é condenado pelo seu passado, não pelos fatos, pela Lei e muito menos pelo suposto crime. Não se pode incriminar ninguém por antecipação", destaca.


Fonte: Diário do Nordeste

Fortaleza-CE: Ex-vereador vai a Júri Popular

O ex-vereador Francisco das Chagas Filho, 42, conhecido como ´Alan Terceiro´, será julgado pelo 1º Tribunal Popular do Júri pela morte da ex-mulher Andréia Aderaldo Jucá, à época com 39 anos.

O réu, que é acusado de matar a companheira no mês de outubro de 2013, com, pelo menos, 20 golpes de faca, responderá pelo crime de homicídio duplamente qualificado (motivo torpe e à traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido). A defesa que representa o ex-vereador recorreu da decisão.

A juíza Danielle Pontes de Arruda Pinheiro, da 1ª Vara do Júri, pronunciou Francisco das Chagas, acatando a denúncia do Ministério Público (MP).

"Declaro admissível a acusação para pronunciar o acusado [...] haja vista a comprovada materialidade do fato e existência de indícios suficientes de autoria", diz um trecho da Sentença de pronúncia, que foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico, no último dia 9.

No documento, a magistrada também decide manter o réu preso. "Resta demonstrado no caso dos autos, já que pelo que se vislumbra, não há qualquer fato novo que justifique a revogação do decreto preventivo, considerando que a liberdade do agente põe em risco a ordem pública, bem como a instrução criminal, a teor do que dispõe o art. 312 do CPP, de modo que mantenho a prisão por seus próprios e jurídicos fundamentos".

Defesa

O advogado Ernando Uchôa Lima Sobrinho, que representa a defesa do ex-vereador, explica que aguarda a decisão do juízo acerca do pedido de reconsideração da pronúncia.

"Apresentamos um recurso contra a decisão de pronúncia e o juízo deve fazer firmar a reconsideração ou não da decisão de pronúncia e depois dar vistas à defesa para apresentar razões do recurso, e ser apresentado à superior instância, que é o Tribunal de Justiça", disse.

Uchôa relata que Francisco das Chagas vive ´situação ruim´, recolhido nas celas do sistema penitenciário cearense, as quais chamou de ´masmorras´. Alan Terceiro foi preso em flagrante no dia do crime, 13 de outubro.

"Francisco está recolhido ao cárcere e como qualquer pessoa está vivendo situação muito ruim, principalmente por estar nas masmorras do Ceará. Está na situação de preso, como outro qualquer, submetido ao regime carcerário do Estado. Ele permanece aguardando a manifestação da Justiça sobre os pedidos que temos feito a respeito do caso dele", afirmou.

O crime

O homicídio ocorreu no domingo, dia 13 de outubro do ano passado. Vizinhos ouviram gritos de desespero de dentro da casa e ligaram para a Polícia.

As viaturas demoraram a atender a ocorrência e os moradores da Rua Frei Marcelino, bairro Rodolfo Teófilo, resolveram arrombar o portão e entrar na casa, mas já era tarde demais.

A pedagoga Andréia Jucá já estava morta e Francisco das Chagas permaneceu na casa. Policiais militares chegaram depois que os vizinhos resolveram entrar na casa e prenderam o homem em flagrante. O ex-vereador não ofereceu resistência à prisão. Ele foi levado ao 34º DP (Centro), sendo depois transferido à Casa de Privação Provisória de Liberdade José Jucá Neto (CPPL III) e permanece preso aguardando julgamento.

Em 1º de abril, a Justiça de Fortaleza negou pedido de prisão domiciliar feito pela defesa.

Fique por dentro

Acusado alegou traição

Francisco das Chagas Filho, conhecido como ´Alan Terceiro´, é ex-vereador, tendo sido, também suplente pelo PT do B de Fortaleza, além de ex-presidente de uma cooperativa de topiqueiros e chefe de gabinete da Prefeitura de Madalena, cidade localizada a 186 quilômetros de Fortaleza.

Na ocasião do crime, cometido dentro da residência do casal, localizada na Rua Frei Marcelino, no bairro Rodolfo Teófilo, populares tentaram agredir o homem. A Polícia Militar teve de intervir para evitar o linchamento.

Andréia Aderaldo Jucá, 39, era mãe de três filhos menores. O relacionamento com o ex-vereador, segundo populares, era conturbado.

Ao ser preso em flagrante, Francisco das Chagas alegou ter flagrado a esposa na companhia de um amante e, segundo ele, teria travado uma luta corporal com o rival. A Polícia, todavia, ouviu moradores próximos e ninguém teria visto o suposto amante da vítima no local do crime.

A vizinhança afirmou ter ouvido gritos do casal e barulho de luta corporal dentro da residência por volta das 15 horas. O Ronda do Quarteirão teria sido chamado pelos vizinhos, mas houve demora no atendimento da Polícia. Quando os militares chegaram na casa, a mulher estava morta na sala e o marido permanecia na residência.

De acordo com policiais que atenderam a ocorrência, ´Alan Terceiro´ estava "sentado na cama, com as mãos feridas", e não reagiu à voz de prisão.

Dezenas de pessoas se aglomeraram na frente da casa e, ao saber que o assassino ainda estava ali, tentaram invadir o local.

Levado ao 34º DP, ainda com as mãos feridas, o ex-vereador repetia, "Sou pessoa de bem e fui traído".


Fonte: Diário do Nordeste

Festa em Canindé é encerrada com 20% de romeiros a menos

Canindé. Mãos erguidas em agradecimento pelas graças alcançadas e orações por vidas melhores. Os romeiros que durante dez dias renderam homenagens ao santo símbolo da humildade e da fraternidade, São Francisco, que é de Assis, das Chagas, e nesses dias, no Ceará, mais intensamente de Canindé, despediram-se, ontem, dos festejos no município do Norte do Estado. A estimativa da Igreja é que 800 mil pessoas passaram pela cidade. Porém, a quantidade é 20% inferior aos anos anteriores, quando cerca de um milhão de fiéis comparecia à festa.

Apesar do menor número, milhares de romeiros lotavam as ruas da cidade. Devotos de diferentes lugares, com distintos pedidos e agradecimentos, e sobretudo, fortes demonstrações de devoção ao santo protetor da natureza. A procissão, que ocorreu após a missa das 17h na Gruta de Nossa Senhora de Lourdes, ontem, percorreu as principais ruas de Canindé. No cortejo, o andor com a primeira estátua de São Francisco a chegar a Canindé, que tem 62cm, foi carregado e ovacionado pelas ruas.

Para hoje, está prevista para as 12h uma solenidade de arriamento da bandeira e a tradicional bênção dos chapéus em frente ao maior Santuário Franciscano da América. Durante os dez dias, foram celebradas 100 missas, além de novenas e batismos.

Dados parciais da Operação Romaria Segura da Polícia Rodoviária Federal no Ceará (PRF-CE) informam que, do início da fiscalização - no dia 6 - até sábado (18), 51 veículos do tipo pau-de-arara, com o transbordo de 823 pessoas, foram barrados por não cumprirem as normas previstas na legislação, sobretudo, no que se refere à segurança.

Impactos

Para a Arquidiocese o impacto da fiscalização rigorosa foi bem maior, já que além dos veículos impedidos de seguir rumo à Canindé, muitos fiéis deixaram de comparecer por não terem outro meio de transporte. O pároco e reitor do Santuário de São Francisco das Chagas, frei João Amilton dos Santos, avalia que, neste ano, apesar dos constrangimentos com a fiscalização dos carros irregulares, a romaria transcorreu de forma positiva.

"É normal que se fiscalize, é normal que os carros andem em ordem porque estão carregando vidas, mas não como perseguição como houve neste ano. Romeiros chegaram até nós desabafando com muita aflição. Cada um tem o direito e a liberdade de ir e vir, mas você ser tratado como marginal e ter que andar escondido, ser escoltado, menosprezado, é constrangedor".

Frei Amilton disse ainda não acreditar que somente 51 veículos foram barrados nas rodovias. "A nossa estimativa é que, na verdade, foram proibidos 200 veículos. Nós calculamos que 30 a 40 mil romeiros não conseguiram vir a Canindé", reforçou.

O arcebispo de Fortaleza, dom José Aparecido Tosi, que, ontem a tarde, presidiu a missa de encerramento, avalia que a fiscalização é necessária, mas alega que faltou diálogo com a Igreja para que fossem pensadas soluções, além de defender que houve confrangimento de fiéis. Para ele, o translado dos romeiros precisa ser discutido para que sejam garantidas as manifestações populares de fé.

O arcebispo acrescentou que a preocupação com o deslocamento é justa, mas que a atenção também precisa ser direcionada para as condições em que os romeiros chegam e são acolhidos em Canindé porque a fraternidade não pode estar subordinada a ideologia ou partidarismo.

A intensificação da fiscalização decorreu de recomendação expedida pelo Ministério Público Federal e Estadual às polícias rodoviárias com uma série de medidas para garantir a segurança de romeiros que participam de festas religiosas, evitando acidentes, muitos deles fatais.

Enquete

O que você tem a agradecer?

"Há 12 anos, fiz uma promessa para um parente se cuidar de uma doença considerada muito grave. E ele se curou. Eu, pela felicidade e devoção, venho agradecer. É pela saúde e também por agradecimento"

Inês de Maria Lemos
Química

"Eu tinha um tumor na cabeça e fui desenganada. Os médicos de Teresina não acreditavam mais. Mas, eu com fé em Jesus e em São Francisco, pedi. Fiz a promessa e fiquei curada e por três anos seguidos venho"

Maria Lúcia da graça Aposentada


Diário do Nordeste - Thatiany Nascimento Repórter

TSE autoriza envio de tropas federais no Ceará para o 2º turno das eleições

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), através do ministro João Otávio de Noronha, autorizou a presença de tropas federais em Caucaia, Maranguape, Maracanaú, Pacatuba e Fortaleza, no 2º turno das eleições no próximo dia 26 de outubro.

A decisão foi comunicada ao Tribunal Regional Eleitoral do Ceará neste domingo. O ministro destaca que “o governador do Estado do Ceará concorda com o emprego das forças armadas nos municípios indicados pelo TRE-CE. Ademais, as justificativas apresentadas pelo Ministério Público Eleitoral indicam a necessidade de atuação de força federal naquelas localidades”.

Nesta segunda-feira (20), a presidente do TRE-CE, desembargadora Iracema do Vale, enviará ofício ao Comando da 10ª Região Militar e ao Governo do Estado para tratar dos detalhes da integração do contingente da Força Federal, a ser disponibilizado nos municípios cearenses destacados, com o efetivo de segurança do Estado para atuação no 2º turno das eleições.


Ceará News 7

sábado, 18 de outubro de 2014

MPF pede anulação de contrato para prestação de serviços ao Samu

O Ministério Público Federal em Juazeiro do Norte, a cerca de 490 quilômetros de Fortaleza, recomendou, em caráter de urgência, ao Governo do Estado do Ceará e à Secretaria de Saúde do Estado do Ceará (Sesa) a anulação de contrato com a iniciativa privada para prestação de serviços junto ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) no Ceará. A medida foi tomada devido à inexistência de prova sobre a impossibilidade de ampliação dos serviços públicos de saúde por meio de concurso público ou credenciamento público e irregularidades na contratação direta da cooperativa na área de saúde, entre outros motivos. O procurador da República Celso Costa Lima Verde, autor da recomendação, fixou o prazo de 30 dias para anulação do contrato firmado com a Cooperativa de Trabalho de Atendimento Pré-Hospitalar (Coaph) e realização de credenciamento dos profissionais necessários para o desempenho das funções no Samu Ceará.

Licitação

De acordo com o MPF, a Sesa, de forma inidônea, contratou diretamente a Coaph fazendo uso do processo de inexigibilidade de licitação – quando a licitação não é exigida por não haver possibilidade de competição, pois só há um objeto ou pessoa que atenda às necessidades da administração. Segundo o procurador da República Celso Leal, a contratação contou com graves irregularidades, como ausência de exclusividade da pessoa e objeto contratados, certidão de exclusividade inválida e impossibilidade de transferência total do Samu à iniciativa privada.

A Procuradoria da República no Município de Juazeiro do Norte encaminhou cópia do procedimento para a Procuradoria da República no Ceará, com sede em Fortaleza, para que seja feita apuração criminal pela inexigibilidade indevida de licitação para contratação da cooperativa.


Fonte: O Estado CE