sábado, 25 de março de 2017

POLÍCIA DESATIVA ABRIGO CLANDESTINO NO CE E RESGATA 13 IDOSOS E DEFICIENTES

A polícia prendeu três criminosos nesta sexta-feira (24) por maus-tratos a idosos e deficientes mentais em um abrigo clandestino que funcionava em condições insalubres na cidade do Crato, interior do Ceará. Dentre os presos está um pastor evangélico, que era proprietário do abrigo. Treze vítimas com idades entre 30 e 70 anos foram resgatas do local.

Por meio de um mandado de busca e apreensão, os policiais seguiram até a localidade de Baixio Verde para verificar uma denúncia de maus-tratos ocorridos no local. No imóvel, que funcionava em situações insalubres, a polícia encontrou 13 idosas e deficientes mentais, entre 30 e 70 anos.

Uma idosa foi encaminhada para uma unidade de saúde da região, onde permaneceu internada com vários problemas de saúde. Uma segunda vítima também foi atendida pelo Samu, ficando constatada várias escoriações nas costas, e mordidas de animais nos pés.

Um pastor evangélico, sua esposa e uma cuidadora foram presos em flagrante. De acordo com a delegada Wannini Galiza, da Delegacia de Crato, os suspeitos estavam em posse de cartões de créditos pertencentes às mulheres e eram responsáveis por sacar os valores dos benefícios das vítimas.

A operação, chamada "Cova dos Leões", foi realizada por policiais das delegacias de Defesa da Mulher de Crato, Municipal de Farias Brito e Várzea Alegre. O Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizaram o socorro dos idosos.

Os suspeitos foram conduzidos para a sede da especializada, onde foram autuados em flagrante por crime contra o idoso, maus-tratos e cárcere privado. Já as mulheres foram encaminhadas para a casa de familiares e também para abrigos na cidade de Juazeiro do Norte.


G1

TRATAMENTO: ESTADO DEVE FORNECER REMÉDIO À BASE DE MACONHA PARA CRIANÇA COM PROBLEMAS NEUROLÓGICOS

O Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE) manteve decisão de 1º grau que determina o fornecimento do medicamento Canabidiol, substância presente na folha da maconha (Cannabis sativa), para criança com problemas neurológicos.

O relator do caso, juiz André Aguiar Magalhães, destacou que “há vasto lastro probatório, idôneo e capaz de ensejar acerca da necessidade” da medicação.

De acordo com os documentos, disponibilizados pela assessoria de comunicação do TJCE, o menino, ao nascer, foi diagnosticado com malformação cerebral e epilepsia de difícil controle. Em virtude da situação, o médico que acompanha o paciente indicou o referido fármaco para auxílio no tratamento do problema.

A substância atuaria como antipsicótica, neuroprotetora, anti-inflamatória e antiepilética, diminuindo o estresse e a ansiedade decorrente das várias convulsões da criança.
Por essa razão, a mãe do menino ingressou com ação na Justiça requerendo que o Estado fornecesse o Canabidiol. Alegou não ter condições financeiras para comprar a substância. Na contestação, o ente público alegou não haver previsão orçamentária para custear o tratamento, que seria feito sem tempo determinado.

O juiz André Aguiar Magalhães destacou que o Canabidiol foi reclassificado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) como medicamento de uso controlado, e não mais como substância proibida.

O relator do caso disse ainda que a “ausência do fármaco na lista de medicamentos do Estado, igualmente, não afasta o direito do menor de recebê-lo, uma vez que a obrigação estatal de garantir o direito à saúde não se limite ao conteúdo de listas, sob pena de grave afronta às disposições legais e constitucionais”.


Redação O POVO Online

REDEMOINHO ASSUSTA MORADORES NO INTERIOR DO CEARÁ; VEJA VÍDEO

Um redemoinho assustou moradores do distrito de Várzea da Volta, em Moraújo, interior do Ceará, nesta sexta-feira, 24. Os fortes ventos derrubaram um muro e parte do telhado de uma casa na região, segundo a Polícia Militar (PM) no município. 

 Procurada pelo O POVO Online, a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) afirmou que a intensidade do fenômeno é pequena e não há motivos para a população se assustar. Segundo o órgão, o redemoinho é provocado pela circulação de vento ascendente sobre uma superfície líquida.


"O vento sobe em espiral e suspende partículas próximas, que podem ser poeira, folhas ou água, como no caso em questão", informou a Funceme. 

 O POVO

Veja vídeo (imagens cedidas pelo portal Massapê Ceará):


quinta-feira, 23 de março de 2017

EX-PRESIDIÁRIO FOI ASSASSINADO A TIROS NA CABEÇA PELO PRÓPRIO PRIMO EM CRATO

Exatamente uma semana depois e um novo homicídio foi registrado em Crato. Por volta do meio dia desta quinta-feira o ex-presidiário Claudivan da Silva Souza, de 34 anos, que residia no bairro Seminário, foi morto a tiros na cabeça. O crime aconteceu perto do campo do esporte na Encosta do Seminário e o SAMU ainda esteve no local, mas os profissionais de saúde apenas atestaram o óbito.

A vítima era usuária de drogas e respondia por um crime de roubo em que o Auto de Prisão em Flagrante (APF) foi protocolado no dia 30 de agosto de 2011 na 2ª Vara Criminal da Comarca de Crato. Segunda testemunhas, o autor dos disparos foi um primo de Claudivan com quem o mesmo tinha discutido. Ele se aproximou da vítima à pé e efetuou os disparos para fugir em seguida.

Este foi o quarto homicídio do mês de março em Crato e o 15º do ano no município. O último tinha ocorrido na noite do dia 16 de março tendo como vítima Robério Gomes da Silva, de 28 anos, o “Nego Bero que, também, residia no Seminário e foi morto a tiros na Rua 19 de Março naquele bairro. Ele era acusado de dois homicídios e respondia por crimes de porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e já tinha sido vítima de um atentado à bala.



Por Demontier Tenório  -  Miséria.com.br

JOVEM DE 19 ANOS FOI ASSASSINADO COM CINCO TIROS NA CABEÇA EM LAVRAS DA MANGABEIRA

Um homicídio foi registrado por volta das 21 horas desta quarta-feira em frente ao número 194 da Rua Fideralina Augusto Lima (Bairro Cruzeiro) no município de Lavras da Mangabeira. O jovem Geison Alves Lima, de 19 anos, que morava ali perto, foi surpreendido por dois homens em uma moto e um deles sacou uma arma de fogo efetuando cinco tiros contra a cabeça da vítima.

Ele foi socorrido às pressas ao Hospital São Vicente Férrer de Lavras, mas já chegou sem vida. No local, a polícia não conseguiu obter informações que possam ajudar na elucidação do crime e mesmo assim promoveu diligências sem o êxito de prender a dupla. Geison já tinha passagens pela polícia e seu corpo foi trazido para ser necropsiado no Instituto Médico Legal (IML) de Juazeiro do Norte.

Este foi o primeiro homicídio do mês de março em Lavras da Mangabeira e o segundo de 2017 no município, onde quatro pessoas tombaram mortas no decorrer do ano passado. O outro deste ano foi o cabeleireiro Adalberto Henriques Gomes, de 48 anos, que residia na Rua Maria Zilda Gonçalves, 371 do bairro Vila Bancária. Na manhã do dia 2 de fevereiro seu corpo foi encontrado dentro de casa e apresentava uma perfuração à faca no pescoço.



Por Demontier Tenório - Miséria.com.br

EUNÍCIO DIZ QUE SENADO VAI VOTAR 2º PROJETO SOBRE TERCEIRIZAÇÃO

Um dia após a Câmara dos Deputados aprovar projeto que libera a ampla terceirização, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), disse que os senadores devem votar outro projeto sobre o tema nos próximos dias. Ele se refere a uma proposta de 2015, já aprovada pela Câmara dos Deputados, que prevê regras mais brandas do que a aprovada nesta quinta.

Segundo Eunício, a ideia é que as duas leis sobre o tema sigam para o presidente da República, que poderá "selecionar" qual dos dois projetos será sancionado. "Esse outro projeto que está tramitando vai ser o projeto para complementar, se for o caso, o projeto na Câmara, porque o Senado é a Casa revisora”, disse Eunício à Folha de S. Paulo.

Prevendo terceirização mais ampla, projeto aprovado ontem pelos deputados segue um texto de mais de vinte anos atrás que foi “desengavetado” em manobra do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A ação buscava driblar a resistência dos senadores de votar o outro projeto, de 2015, sobre o tema.


Pelo texto aprovado, apresentado em 1998 pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), empresas ficam liberadas a terceirizar qualquer área de sua produção. Estão incluídas as chamadas "atividade-fim" das empresas, o que até então era proibido pela Justiça do Trabalho.


Redação O POVO Online

HOMEM DIZ QUE MATOU A MULHER EM BARBALHA PORQUE ELA ESTAVA COM OUTRO NO QUARTO

O pedreiro Geovane Antônio dos Santos, de 31 anos, foi preso em Jardim cerca de 10 horas após ter assassinado sua companheira no município de Barbalha. Ele pontuou como motivo do crime o fato de ter se deparado com um homem na cama com sua mulher. Ana Iracélia tinha 38 anos e foi morta a pauladas por volta das 6 horas desta quarta-feira no quarto de casa na Rua T19, número 164 imediações do Fórum no bairro Bela Vista.

Após o crime, o mesmo fugiu na direção de Jardim, onde já residiu e responde procedimento na justiça por pensão alimentícia. A polícia foi mobilizada e às 16 horas conseguir capturar o acusado que responde outra execução de alimentos no interior de São Paulo. Segundo o Delegado de Polícia Civil de Barbalha, Juliano Marcula, Geovane confessou o crime afirmando ter matado Ana Iracélia porque ela estava com um homem no quarto.

Coordenando a operação para prendê-lo esteve o Delegado de Jardim, Reni Rocha Pinto, com os inspetores Thiago daquele município e João Eudes de Barbalha. Geovane vai responder por crime de homicídio triplamente qualificado e, após a autuação, foi recambiado para a cadeia pública de Barbalha. Ana Iracélia foi a quinta mulher assassinada este ano na região do Cariri. Os outros homicídios foram em Missão Velha, Mauriti, Juazeiro e Jati.



Por Demontier Tenório - Miséria.com.br

PROMOTORES REPUDIAM DECLARAÇÃO DO CAPITÃO WAGNER SOBRE “CHACINA DO CURIÓ”

Os promotores de justiça integrantes da força-tarefa que acompanhou a investigação da denominada “Chacina do Curió”, repudiaram, em nota pública, as declarações do Deputado Estadual Capitão Wagner feitas nessa quarta-feira na tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará sobre o inquérito. Wagner afirmou que “o inquérito é cheio de falhas, em que foram forjadas provas, como as localizações geográficas, no intuito e na sede de tentar responsabilizar os envolvidos no caso, o que culminou na prisão indevida e arbitrária desses 44 policiais”.

Para os promotores, a declaração do deputado, que é policial, é temerária, e demonstra desconhecimento das provas constantes dos autos do processo. Afirmam que sua fala é incompatível com a seriedade que deve pautar os debates no parlamento estadual.

“Asseguramos que a investigação foi desenvolvida pela Delegacia de Assuntos Internos da CGD com acompanhamento desta força-tarefa, com plena imparcialidade, isenção e rigor técnico, ao tempo em que lamentamos que se busque politizar a mais grave chacina da história do Ceará”, diz a nota.

Os promotores informam ainda que a denúncia apresentada pelo Ministério Público foi recebida por um colegiado de juízes e que, até o momento, todos os recursos apresentados pelos acusados foram indeferidos pelo Tribunal de Justiça do Estado do Ceará e pelo Superior Tribunal de Justiça.


Fonte: cearaagora.com.br

AÇUDE ORÓS A ESPERANÇA DA CHEIA

terça-feira, 21 de março de 2017

ESPECIAL MARES SECOS - AÇUDE ORÓS

Fonte: Tribuna do Ceará (Sistema Janjadeiro)

POLÍCIA APREENDE 600 COMPRIMIDOS DE ECSTASY E PRENDE 4 PESSOAS NO CEARÁ

Quatro homens foram presos em duas operações da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD) em diferentes bairros de Fortaleza e Região Metropolitana. No total, foram apreendidos 600 comprimidos de ecstasy, 130 quilos de cocaína e 56 de maconha.

De acordo com a delegada Cláudia Nery, dois homens foram interceptados na sexta-feira (17) no momento em que um deles entregava um pacote com cinco quilos de maconha em um posto de combustíveis na Avenida Raul Barbosa, no Bairro Aerolândia. No carro do suspeito, estavam outros 50 quilos da droga.

Após a prisão da dupla, os suspeitos confessaram aos policiais que o restante da droga estava escondido em uma casa na cidade de Caucaia, na Região Metropolitana da capital. Na residência a polícia apreendeu 130 quilos de cocaína, uma pistola, duas motos roubadas e um carro clonado.

Outras prisões

No mesmo dia, no Bairro Bom Jardim, policiais da DCTD localizaram um homem que era investigado por suspeita de tráfico de drogas. A polícia suspeita que o homem é um dos comandantes do tráfico da região. O suspeito guardava crack e maconha em uma casa, que era usada para comercialização de entorpecentes.

Uma semana antes, um homem foi flagrado com 600 comprimidos de ecstasy. De acordo com investigações da DCTD, o suspeito trabalhava para um traficante que está preso desde 2015.

Os presos foram conduzidos à sede da DCTD, onde foram autuados por tráfico. A polícia informou que continuará as investigações para tentar prender os demais envolvidos.


G1 da globo

ELETRICISTA PODE TER MORRIDO EM CONSEQUÊNCIA DE DESCARGA ELÉTRICA NA ZONA RURAL DE MAURITI

O eletricista José Anastácio de Sousa, de 58 anos, que residia na Avenida Hermita Grangeiro no centro de Mauriti, morreu por volta das 9 horas desta segunda-feira enquanto fazia um serviço no Sítio Canabravinha (Distrito de Palestina) na zona rural daquele município. Ele estava na fazenda do engenheiro e ex-prefeito de Mauriti, Adailton Leite, para onde seguiu cedo a fim de fazer uns reparos.

O primeiro serviço seria a troca de uma luminária e, segundo moradores, o eletricista sequer chegou ao topo do poste quando passou a descer a escada vagarosamente e antes dos primeiros degraus caiu batendo com a cabeça no solo. O corpo foi trazido para necropsia na Perícia Forense de Juazeiro e não está descartada a possibilidade de um mau súbito o que deve ser ou não comprovado no exame cadavérico.

No último dia 18 de janeiro houve uma morte no Cariri em consequência de descarga elétrica mais precisamente no Sitio Patos na zona rural de Caririaçu. O agricultor José Correia Gomes, de 72 anos, estava plantando em sua roça quando foi atingido por um raio que queimou parcialmente suas vestes e destruiu um recipiente de alumínio com sementes de milho que o mesmo tinha em mãos.



Por Demontier Tenório - Miséria.com.br

ACUSADOS DO ROUBO DE UMA MOTO TROCAM TIROS COM A POLÍCIA QUANDO UM MORREU E OUTRO FOI APREENDIDO

Arma de fogo apreendida em poder do jovem que morreu (Foto: Reprodução/Redes sociais)
O roubo de uma motocicleta por volta das 12h30min desta segunda-feira no bairro Frei Damião em Juazeiro do Norte, culminou com a troca de tiros entre os acusados e a polícia. Um deles, provavelmente menor de idade, saiu baleado e terminou socorrido pelos próprios PMs porém morreu pouco tempo depois no Hospital Regional do Cariri. Ele não estava com documentos que permitissem sua identificação e, com o mesmo, a polícia recolheu um revólver calibre 38 tendo quatro cartuchos intactos e dois deflagrados.

Já o seu comparsa de iniciais E. G da S., de 16 anos, residente no bairro Frei Damião, foi apreendido e conduzido até à Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte. Segundo informações extra oficiais, a moto pertencente à esposa de um soldado do RAIO e uma equipe da corporação estava à caminho do local do assalto quando percebeu dois homens abandonando o veículo e adentrando um matagal. Ante a perseguição, um deles atirou e houve revide.

O último homicídio numa intervenção policial no Cariri foi em Crato no dia 9 de março tendo como vítima Marcos Wilame Araújo Silva, de 20 anos, que residia no Pio XII em Juazeiro. Ele tinha acabado de roubar o carro de um agente de saúde em Farias Brito e fugiu na direção de Crato. No Distrito de Ponta da Serra, abandonou o carro e se embrenhou no mato quando trocou tiros com a polícia que revidou causando a morte do mesmo.

Com a morte desta tarde já são dez homicídios no mês de março em Juazeiro e 32 no ano. Na noite de ontem Kennedy Douglas Souza Cunha, de 17 anos, o “Dodô” que residia na Rua São Geraldo (Pio XII), foi morto a tiros na Rua Formosa naquele bairro por dois homens que fugiram numa moto. Ele respondia dois procedimentos em segredo de justiça e o arrombamento contra uma residência no bairro São José quando foi apreendido em novembro de 2015.



Por Demontier Tenório - Miséria.com.br

MÃO BOBA: HOMEM DENUNCIA ASSÉDIO DURANTE CONSULTA MÉDICA EM HOSPITAL DE ACARAPE

O Prefeito de Acarape, Franklin Veríssimo Oliveira (PSD) está à procura de outro médico para atender no hospital do município. A medida foi tomada após Francisco Nonato da Silva denunciou, em entrevista ao jornalista Zezinho Queiroz, da rádio Plus FM de Redenção, ter sido molestado durante atendimento na instituição no último domingo (19).

Segundo Nonato, o médico de plantão, Alessandro Teixeira, teria colocado os testículos em sua mão durante o atendimento. Nonato afirma que, ao entrar na sala do profissional, foi pedido que tirasse a blusa e deitasse na maca. Neste momento, o médico teria posto os testículos na mão do paciente.

Na entrevista, Nonato ainda afirma que ele não teria sido o único a ser molestado por Alessandro e, caso fosse necessário, poderia chamar outra homem também vítima do ataque. O caso repercutiu no município e o prefeito garantiu que iria procurar um outro médico para o hospital.

Médico rebate

Apesar dos rumores que Alessandro tivesse deixado a cidade após a denúncia, o médico voltou ao hospital para trabalhar e afirmou aos demais servidores que tudo não passava de invenção de Nonato.


Ceará News 7 com colaboração do jornalista Zezinho Queiroz.

TCM REÚNE PARCEIROS PARA DISCUTIR CONTINUIDADE

A Presidência do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) reunirá amanhã, terça-feira (21), representantes do Ministério Público do Ceará (MPCE) e de entidades representativas de classes profissionais para discutir parcerias nas áreas de fiscalização e capacitação.

Foram convidados para o encontro a coordenadora da Procuradoria de Justiça dos Crimes contra a Administração Pública (Procap), procuradora de Justiça Vanja Fontenele, representando o MPCE, e os presidentes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Conselho Regional de Contabilidade (CRC), Conselho Regional de Administração (CRA), Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (CREA) e Sindicato dos Engenheiros do Estado do Ceará (Senge), respectivamente, Marcelo Mota, Clara Germana Rocha, Leonardo Macedo, Vitor César da Frota e Maria Helena de Araújo.

Na oportunidade, a Presidência do Tribunal irá apresentar propostas de parcerias para este ano, entregando documento com a descrição das ações para análise.

Para o presidente do TCM, conselheiro Domingos Filho, será a oportunidade de apresentar novas propostas de atuação em conjunto ou de reafirmar as parcerias existentes através do aditamento de acordos de cooperação técnica. “Diria que eles vêm reforçar o apoio institucional e as parcerias com o TCM nesse momento de desafio, possibilitando à instituição o prosseguimento de seus projetos em prol da gestão pública e da sociedade”, explica.

Nesta segunda-feira (20) o MPCE já sinalizou apoio à continuidade da operação especial sobre a emissão de decretos de emergência através do compartilhamento de veículos deste órgão para transporte e acompanhamento de equipe de inspeções do Tribunal.

Além da área de fiscalização, a Presidência do TCM pretende fechar parcerias em projetos de capacitação técnica e outros relacionados às atribuições do Tribunal.

-----

SERVIÇO:
REUNIÃO DE PARCEIROS DO TCM
DATA: 21/03/2017 (terça-feira)
HORÁRIO: 10h da manhã
LOCAL: Presidência do TCM
ENDEREÇO: Av. General Afonso Albuquerque Lima, 130 - Cambeba

Assessoria de Imprensa do TCM-CE
(85) 98616.6972 | 3218.1532

silviagoes@tcm.ce.gov.br

domingo, 19 de março de 2017

TRAVESTI É ESFAQUEADA NO MUNICÍPIO DE MORRINHOS (CE)

Uma travesti sofreu tentativa de homicídio na madrugada deste domingo (19) no município de Morrinhos, interior do Estado. Segundo a Polícia Militar, a vítima, de 42 anos, foi atingida por golpes de faca, chutes e socos efetuados por três homens. A travesti, identificada como Paulete, está internada em estado grave na Santa Casa de Misericórdia de Sobral.

Conforme o órgão, o crime aconteceu após a travesti e os agressores se envolverem em uma briga em um bar da região. A tentativa de homicídio ocorreu nas proximidades do estabelecimento. A vítima foi atendida no local e depois encaminhada à unidade de Sobral.

Dois suspeitos foram presos nesta manhã. Um deles possui 30 anos de idade e foi capturado em um matagal perto de casa. O outro, de 33 anos, encontrava-se na residência de familiares. Ambos respondem por homicídio e estavam em liberdade condicional.

A dupla foi encaminhada à Delegacia Regional de Acaraú, onde estão prestando depoimento. O órgão agora investiga o paradeiro do terceiro envolvido na agressão.

O crime acontece cerca de um mês após a morte travesti Dandara dos Santos, na Capital. No dia 15 de fevereiro, Dandara levou dois tiros, foi espancada e apedrejada em via pública no bairro Bom Jardim. O homicídio foi filmado e publicado nas redes sociais. Oito homens foram apreendidos por participação no assassinato até o momento, dentre eles quatro adolescentes.


DN Online

MAIS 2 AÇUDES SANGRAM NO CE, MAS GRANDES RESERVATÓRIOS SEGUEM COM POUCO VOLUME. O AÇUDE ORÓS, ESTÁ COM 9,83%

Acaraú Mirim com volume máximo tem água o suficiente para abastecer uma cidade como Fortaleza durante um ano (Foto: Governo do Estado/Divulgação)

Cinco açudes sangraram no Ceará neste ano e quatro seguem com 100%. Os 3 maiores açudes do estado têm menos de 10% da capacidade.

Mais dois açudes atingiram 100% de volume no Ceará neste sábado (19), chegando a cinco o número de reservatórios monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) que sangraram no estado neste ano. Atualmente, estão com capacidade máxima os açudes Acaraú Mirim, na cidade de Massapê; Caldeirões, em Saboeiro; Valério, em Altaneira; e Maranguapinho, em Maranguape.

O açude Tijuquinha chegou a sangrar há uma semana, mas tem atualmente o 97,4% da capacidade total, de acordo com o monitoramento da Cogerh atualizado neste domingo (19).
Entre os cinco açudes monitorados pela Cogerh que sangraram no Ceará, apenas o Acaraú Mirim é de médio porte, com capacidade máxima de 40 milhões de metros cúbicos (ou 40 hm3). O volume é suficiente para abastecer a cidade de Fortaleza por um ano.

O Maranguapinho tem capacidade de 10 milhões de metros cúbicos; já Caldeirões, Valério e Tijuquinha têm, cada um, cerca de um milhão de metros cúbicos de água quando sangrando.

Açudes de grande porte
Já os açudes de grande porte seguem com capacidade baixa. O Castanhão, que abastece a grande Fortaleza, tem atualmente 5,69% da capacidade. O Orós, que deixou de desviar águas para a Região Metropolitana de Fortaleza, segue com 9,83% da capacidade. Já o Banabuiú tem apenas 0,62% do armazenamento. Os três são os maiores reservatórios do Ceará.

Dos 153 açudes monitorados pela Cogerh, 122 estão com de 30% da capacidade, incluindo os maiores reservatórios do estado.


Do G1 CE

ICASA ESTREIA NA SÉRIE B CONFIANDO EM NOVO ELENCO

Após pré temporada de pouco mais de um mês, a equipe do Icasa chega como favorita ao acesso na estreia da série B do Campeonato Cearense. O jogo que inicia a caminhada do treinador Roni Araújo acontece às 16h no estádio Domingos contra a equipe do Malaca não.

A apresentação do novo uniforme do Verdão do Cariri é uma das ações que demonstram a nova fase do grupo. O técnico e também torcedor Valdemar Agra afirma que o time chega à competição com aspiração de vencer.

Um dos destaques da nova é equipe é o lateral-direito Marcus Vinicius, que atuou no grupo no acesso à série B do brasileiro em 2009.

Possível escavação do Icasa no jogo de logo mais:

1- Vitor lagoa
2- Tico
3- Waldson
4- Romario
5- Josivan
6- Serginho
7- Marcos Vinicius
8- Bebeto
9- Paulo robson
10- Laertes
11- Rafael



Por Felipe Azevedo/Agência Miséria - Miséria.com.br

sexta-feira, 17 de março de 2017

AÇUDE BANABUIÚ CANAL DO JOSEMBERG VIEIRA

JUSTIÇA DO CEARÁ MANTÉM DECISÃO QUE NEGA DISTRIBUIÇÃO DE 'PÍLULA DO CÂNCER'

O Tribunal de Justiça do Ceará manteve a decisão que nega o fornecimento de fosfoetanolamina sintética, conhecida como "pílula do câncer", a uma paciente diagnosticada com câncer de mama.

“É vedado ao Poder Público distribuir ou ministrar, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), qualquer substância medicamentosa ou farmacológica sem que esta seja submetida ao devido registro no Ministério da Saúde”, explicou a relatora.

A mulher, de 70 anos, é portadora da enfermidade em estágio avançado. Para fazer uso da Fosfoetanolamina Sintética, ela ajuizou ação na Justiça com pedido liminar, requerendo que o Estado do Ceará e a Pharma Indústria e Comércio de Produtos Farmacêuticos garantam o fornecimento imediato da substância.

Ela alegou que o uso do medicamento seria uma forma de aliviar ou amenizar sua dor e de seus familiares. Disse ainda que a a falta de registro do fármaco na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não configura motivos para que seja negado o direito à saúde.
Na contestação, o Estado do Ceará explicou que não pode fornecer medicamento sem registro na Anvisa, o que torna ilegal e ilícito não apenas o fornecimento, mas também a própria aquisição.

Ao julgar o caso nessa quarta-feira (15), a 2ª Câmara de Direito Privado negou provimento ao recurso e confirmou a decisão de 1º Grau. “A obrigatoriedade de estudos científicos prévios para a aferição da segurança e eficácia de qualquer substância farmacêutica, bem como a imposição de respeito ao atendimento às normas sanitárias, não implicam violação ao direito fundamental à saúde, representando, ao contrário, sua própria efetivação, porquanto visam à redução de riscos de doenças e outros agravos”, explicou a desembargadora no voto.


Do G1 CE

"OPERAÇÃO CARNE FRACA" FRIGORÍFICOS UTILIZAVAM VITAMINA C PARA MASCARAR CARNE ESTRAGADA, DIZ PF

Além da corrupção de agentes públicos ligados ao Ministério da Agricultura, a "Operação Carne Fraca" deflagrada nesta sexta-feira (17) também verificou irregularidades feitas por empresas para adulterar alimentos. Entre elas, estava a utilização de carnes estragadas na composição de salsichas e linguiças.

A operação, com foco na venda ilegal de carnes por frigoríficos, deverá cumprir 38 mandados de prisão. Cerca de 1.100 agentes da Polícia Federal participam das ações.

A operação visa desarticular uma organização criminosa liderada por fiscais agropecuários federais do Ministério da Agricultura e empresários do agronegócio. "Os agentes públicos, utilizando-se do poder fiscalizatório do cargo, mediante pagamento de propina, atuavam para facilitar a produção de alimentos adulterados, emitindo certificados sanitários sem qualquer fiscalização efetiva", diz a PF.

Entre as empresas investigadas estão a JBS (maior processadora de carne bovina do mundo), a BRF Foods (que surgiu da fusão da Sadia com a Perdigão) e Seara. O UOL ainda não conseguiu ouvir as empresas nem o Ministério da Agricultura.

Em nota, a JBS negou irregularidades na produção e venda de carnes. Também em nota, a BRF diz que está colaborando com as autoridades e que cumpre as normas e regulamentos referentes à produção e comercialização de seus produtos.

Carne estragada com vitamina C

Segundo as investigações, a Peccin Agro Industrial, por exemplo, "maquiava" os produtos com ácido ascórbico, substância popularmente conhecida como vitamina C, mas que tem potencial cancerígeno quando consumido em excesso.

A ingestão recomendada para um adulto é de 45 mg, de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde). Ainda segundo a OMS, doses excessivas da vitamina C são consideradas tóxicas e podem resultar distúrbios gastrointestinais, cálculos renais, problemas na absorção de ferro, entre outras complicações.

Eduardo Tondo, professor de microbiologia de alimentos do Instituto de Ciência e Tecnologia de Alimentos da UFRGS, explica que o ácido ascórbico é usado para manter a cor rosada da carne em produtos curados, processados, como salame e presunto.

"O problema do uso de aditivos é que a carne que estava estragada aparenta não estar mais. Aí a pessoa come, e causa surto de intoxicação", explica.

"Dependendo da dose, o ácido ascórbico pode ser cancerígeno. Carne processada recebe aditivos para conservar e manter a segurança, e não há problema se a dosagem for respeitada. Mas para carne in natura, não pode ter nenhum aditivo. O uso em carne in natura é fraude", acrescentou.

O delegado da Polícia Federal Maurício Moscardi Grillo disse que algumas das empresas investigadas usavam ácido e outros elementos químicos muito acima do permitido por lei para maquiar o aspecto físico de alimento vencidos e estragados. "Alguns são cancerígenos e usados para poder maquiar a característica física", afirmou.

Além disso, a Peccin utilizava notas fiscais falsas de produtos com SIF (Serviço de Inspeção Federal) para a compra de carne estragada. Um laboratório responsável por analisar as amostras de produtos alimentícios também estaria envolvido na fraude.

Fraude em merenda escolar

De acordo com os investigadores, o frigorífico Souza Ramos estaria envolvido num esquema de fraude, junto a outras duas empresas, no fornecimento de merenda escolar no Estado do Paraná.

Os produtos oferecidos estariam em desacordo com as exigências contratuais, como salsichas contendo carne de frango quando deveriam ser compostas por carne de peru. O caso está já estava sendo investigado e resultou na suspensão da entrega da merenda escolar e na abertura de um processo administrativo.

Carne estragada

Outra empresa que teria vendido carne estragada é o frigorífico Larissa. De acordo com as investigações, a companhia também seria responsável por emitir notas fiscais falsas e transportar produtos fora da temperatura adequada.

Para o delegado Grillo, as irregularidades "causavam revolta". "Usar cabeça de porco, animal morto de tempos, carne estragada… Tudo para fazer esse tipo de produto, principalmente, salsicha, linguiça", disse durante entrevista coletiva.

Confira a seguir um diálogo entre o dono do frigorífico, Paulo Rogério Sposito, e um funcionário:

Funcionário: "(...) Nós temos uma carga de barriga, mas aquela uma lá que tem que trocar a etiqueta. Cê lembra?"
Paulo: "Ah, mas e daí? Troca ué".
Funcionário: "Sim, mas daí eu tenho que trocar ela no final de semana né... que o rapazinho não tá aqui. porque ela tá vencida".
Paulo: "Então...mas ela tá onde?"
Funcionário: "Eu acho que tá lá no armazém lá de baixo"
Funcionário: "Seu Paulo?"
Paulo: "Oi".
Funcionário: "Achamos umas paletas 127, que estão vencidas desde fevereiro. Manda embora ou deixa na produção pra eles usar?"
Paulo: "Deixa na produção pra eles usar (...)"

A reportagem tentou, às 10h45, contato com o frigorífico Larissa, de Mauá (SP), mas foi informada que só Paulo Rogério Sposito, dono da empresa, poderia falar. No entanto, ele estava em reunião.

O UOL também ligou para a Peccin Agro Industrial, mas um funcionário da portaria informou que não havia ninguém disponível para prestar esclarecimentos.

Juiz diz que prática é modus operandi

Referindo-se ao grupo criminoso composto por proprietários e representantes de frigoríficos, "incluindo grandes da indústria de alimentos, como Seara e BRF", o juiz federal Marcos Josegrei da Silva, 14ª Vara da Justiça Federal de Curitiba, afirmou que todos eles "têm como modus operandi a prática de irregularidades nas empresas nas quais trabalham".

"Algumas que foram observadas ao longo do tempo de investigação, com certas variações entre os envolvidos (nem todos cometem todas as irregularidades adiante): reembalagem de produtos vencidos; excesso de água; inobservância da temperatura adequada das câmaras frigoríficas; assinaturas de certificados para exportação fora da sede da empresa e do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), sem checagem in loco; venda de carne imprópria para o consumo humano; uso de produtos cancerígenos em doses altas para ocultar as características que impediriam o consumo pelo consumidor", resumiu.


Fonte: UOL

CHUVA FORTE ROMPE AÇUDE E DEIXA CASAS E RUAS ALAGADAS EM ASSARÉ (CE)

As fortes chuvas que caem sobre este município, na região do Cariri, desde o início da madrugada de hoje (17) causaram o rompimento do açude dos Montes, no bairro Populares. Ruas de pelo menos três bairros ficaram embaixo d’água. Carros foram arrastados pela correnteza e dezenas de famílias estão desalojadas. Esta foi a segunda vez que o reservatório rompeu. A última ocorreu em 1989.

De acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), nas últimas 24 horas choveu mais do que todo o mês de março. Embora o pluviômetro do órgão tenha registrado 88 milímetros entre as 7 horas de ontem e 7 horas desta sexta-feira, na sede do município, “os medidores da zona rural apontam chuva acima dos 150 mm”, conforme afirma o radialista Jocélio Leite. Nos primeiros 15 dias do mês, a Funceme observou o acumulado de 87.5 mm.
As áreas mais afetadas são os bairros Populares, Alto do Zé Dodô e Pedra de Fogo. “Essas localidades ficam próximos ao açude e consequentemente a força da água foi mais intensa. Muitas famílias perderam tudo. A cidade está um caos”, acrescenta Jocélio. Não há informações sobre feridos. O município não confirmou o número de famílias que estão desalojados. Militares do Corpo de Bombeiros da cidade do Crato foram acionados e estão nas áreas mais afetadas.

Reservatórios

Com as intensas chuvas de março, já são quatro açudes sangrando no Estado. Hoje o Acaraú Mirim, em Massapê, atingiu 100% de sua capacidade e se juntou aos reservatórios dos Caldeirões, na cidade de Saboeiro; Maranguapinho, em Maranguape; e o Tijuquinja, na cidade de Baturité. Segundo dados da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Estado do Ceará (Cogerh), o volume dos açudes subiu de 8,06% na quarta-feira para 8,5% nesta sexta. Em contrapartida, outros 123 reservatórios ainda estão com volume inferior a 30%.


DN Online

POLICIAL MILITAR É CONDENADO A 12 ANOS DE PRISÃO POR HOMICÍDIO NO CEARÁ

O Tribunal de Justiça do Ceará condenou nesta sexta-feira (17) o policial militar Francisco Renan Mesquita Matos a 12 anos de prisão pelo homicídio qualificado de Ideljones da Silva Magalhães. O homicídio ocorreu em abril de 2016 na cidade de Itapajé.

De acordo com os autos, o policial conduzia um carro, na companhia de outras quatro pessoas, no distrito de Santa Maria, quando parou o veículo para que Ideljones pudesse urinar próximo ao acostamento da estrada. Na ocasião, o réu teria sacado uma arma e desferido três tiros nele, que morreu no local. Em seguida, o agente fugiu abandonando o corpo da vítima.

Após o crime, o acusado lavou o carro e obrigou os outros passageiros, que testemunharam o homicídio, a tirarem a roupa e tomar banho, com o intuito de eliminar vestígios da ação criminosa. Posteriormente, Francisco Renan foi preso em casa, onde foram encontradas duas armas de fogo, sendo que uma delas o policial afirmou ser da vítima.

Durante o julgamento, o advogado alegou legítima defesa. Contudo, os jurados reconheceram, por maioria, que o acusado foi o responsável pelo crime. Ele foi condenado por homicídio qualificado (mediante recurso que dificultou a defesa da vítima).

A juíza Juliana Porto Sales destacou na sentença que, segundo os depoimentos das testemunhas, “a vítima não contribuiu com a conduta do apenado”. Também explicou que negou ao acusado o direito de apelar em liberdade com a finalidade de “evitar que o réu possa lesar outros bens jurídicos”.

A juíza determinou ainda a perda do cargo de policial militar, “em virtude da incompatibilidade da pena e da natureza da condenação com a função pública”.


Do G1 CE

DUPLA É PRESA DENTRO DE UM MATAGAL EM MILAGRES APÓS ASSALTO E PERSEGUIÇÃO DA POLÍCIA

A Polícia de Milagres agiu rápido e prendeu dois acusados de um assalto por volta das 14h30min desta quinta-feira na zona rural daquele município. Felipe Martins dos Santos, de 18, e o ex-presidiário Erike Linneker Saraiva Gomes, de 22 anos, residentes em Mauriti tinha acabado de roubar o aparelho celular de uma pessoa em Milagres quando fugiram numa moto Honda POP de cor preta e placa de Mauriti.

Após tomar conhecimento, militares do Destacamento de Milagres iniciaram perseguição quando a dupla abandonou a moto e adentrou um matagal no Sítio Unha de Gato. Os PMs foram junto e montaram um cerco que resultou nas prisões e recuperação do aparelho. Erike já tinha sido preso em Juazeiro do Norte por crimes de direção perigosa e porte ilegal de arma de fogo em outubro de 2012. Além disso, responder uma Ação Penal junto à Comarca de Mauriti protocolada em novembro de 2014

CRATO – Já na noite desta quinta-feira, porém na Rua Carolino Sucupira (Bairro Pimenta) em Crato, a equipe RAIO 07 se deparou com dois adolescentes que tinham acabado de praticar um roubo. Com a dupla, os PMs encontraram a faca usada no assalto e dois celulares pertencentes à vítima de 27 anos, residente no bairro Seminário, que os reconheceu. De iniciais R. C. L do N e I. M de O eles tem 16 anos e foram conduzidos à Delegacia de Crato.



Por Demontier Tenório - Miséria.com.br

FLAMENGO: ZÉ RICARDO COMANDA TREINO TÁTICO FECHADO, MAS DEVE POUPAR TITULARES

O técnico Zé Ricardo deve poupar os titulares do Flamengo para o jogo deste sábado, contra o Resende, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, pela segunda rodada da Taça Rio. O elenco rubro-negro se reapresentou na tarde desta sexta-feira, no Ninho do Urubu, em Vargem Grande. Alguns jogadores como Guerrero e Trauco foram vistos deixando o centro de treinamento mais cedo, antes da viagem para o duelo válido pelo Carioca. Ou seja, eles não foram relacionados.

Expulso contra a Universidad Católica, Berrío deve ganhar nova oportunidade neste sábado. Um provável Flamengo deve ir a campo com Thiago, Rodinei, Donatti, Juan e Renê; Márcio Araújo, Cuéllar e Mancuello; Berrío, Vizeu (Matheus Savio) e Leandro Damião.

O meia Gabriel sentiu um desconforto muscular na coxa direita após a partida contra a Universidad Católica e está fora do jogo contra o Resende. Ele ficará fazendo tratamento para se recuperar o quanto antes.

Por outro lado, Mancuello está novamente à disposição de Zé Ricardo. Ele foi poupado do jogo válido pela Libertadores por precaução após cair desacordado no gramado do Maracanã na goleada de 4 a 0 sobre o San Lorenzo.


Fonte: Miséria via Terra

quarta-feira, 15 de março de 2017

POLÍCIA APREENDE MEIA TONELADA DE MATERIAL EXPLOSIVO EM FORTALEZA

Polícia investiga se material seria fornecidos a assaltantes de bancos. Material era mantido na casa de suspeito preso no Bairro Quintino Cunha.

A polícia apreendeu mais de meia tonelada de material explosivo e prendeu um homem suspeito de fornecer o material para grupos de assaltantes a bancos e carros-fortes no Ceará. A prisão ocorreu no Bairro Quintino Cunha, em Fortaleza, na noite desta terça-feira (14).

Segundo o tenente-coronel Henrique Bezerra, que participou da operação, o suspeito tem autorização para utilizar material explosivo, mas ele possuía uma quantidade muito acima do que ele tem permissão para portar.

"Houve uma denúncia de que em uma casa havia, em princípio, uma pequena quantidade de explosivos. O Batalhão de Choque foi até o local. Depois de uma série de negociações com o proprietário do imóvel, com advogado, foi permitida a entrada dos policiais e onde foi constatada e apreendido todo esse material", explica o delegado Eduardo Tomé.

O suspeito trabalha em uma pedreira que utiliza os explosivos. Segundo a Polícia Civil, a quantidade de material explosivo apreendido é suficiente para abastecer uma pedreira durante o período de sete meses.

Além da quantidade excessiva de material, as dinamites eram armazenadas na residência do suspeito, o que é proibido por lei. "Para o Exército Brasileiro, ele havia informado que tinha utilizado na sua atividade empresarial todo o artefato, inclusive no depoimento dele, ele confessa que pela legislação, a parte que não foi utilizada no serviço deveria ser destruída, é isso que determina a legislação. E ele confessa que não destruiu e armazenava para outros trabalho", afirma o delegado.

O suspeito foi autuado por posse de artefato explosivo e deve continuar preso até pelo menos o fim das investigações. De acordo com a Polícia Civil, a partir da prisão, serão investigados outros supostos envolvidos no esquema de fornecimento de material explosivo.


Do G1 CE

PREJUÍZO DE NOIVOS COM EMPRESA DE DECORAÇÃO É DE R$ 300 MIL, DIZ POLÍCIA

A Polícia Civil do Ceará estima que o prejuízo de um grupo de noivas que contrataram os serviços de uma empresa de decoração que não cumpriu os contratos seja superior a R$ 300 mil. Até a tarde desta quarta-feira (15), o delegado Jaime de Paula Pessoa, titular da Delegacia de Defraudações e Falsificações, ouviu 35 vítimas, que falaram que pagaram antecipadamente pela decoração das festas de casamento.

"Pelo que nós ouvimos de várias vítimas que compareceram aqui [delegacia], podemos dizer que temos um prejuízo acima de R$ 300 mil, tomando como média que cada uma sofreu um prejuízo de R$ 2 mil. É claro que já ouvimos pessoas que tiveram prejuízos de R$ 8 a R$ 10 mil", disse o delegado.

Segundo um dos noivos, pelo menos 90 casais que contrataram a empresa Flávio Decorações dizem que foram enganados pelo empresário e cobram explicações. O decorador foi contratado pelos noivos para realizar os eventos, mas neste mês informou que não poderia realizar as decorações porque a empresa havia falido.

O delegado Jaime de Paula afirmou que está finalizando os depoimentos para realizar um levantamento das vítimas e seguir com as investigações. O delegado comenta que as vítimas tiveram prejuízo financeiro e também danos pessoais com o imprevisto.

"Várias noivas já tinham eventos marcados para o fim de semana. Além do prejuízo financeiro, há também um abalo psicológico, porque as noivas vão ter que correr para conseguir o serviço ou casar sem o serviço contratado".

A assessoria jurídica que representa a empresa Flávio Decorações afirmou que o empresário está entrando com processo de falência devido à crise econômica.

Processo de falência

A advogada Karla de Alcântara Nogueira Borges, que representa a empresa Flávio Decorações, esclareceu a empresa está entrando, nos próximos dias, com um procedimento na Justiça decretando falência. Nesta quarta-feira, a empresa emitiu uma nota de esclarecimento comunicando o fato.

Sobre os contratos fechados diretamente com o decorador, a advogada ressaltou que o empresário está entrando também com um procedimento de insolvência civil. Este processo se equivale à falência de uma empresa, mas ocorre quando a pessoa física possui um saldo devedor maior que as receitas adquiridas.

A advogada Karla de Alcântara disse ainda que "a empresa, em nenhum momento, teve a intenção de enganar as pessoas, tanto é que comunicou antecipadamente às noivas, através de nota pública e mensagens". A equipe jurídica acrescentou que as pessoas que não tiveram os contratos cumpridos poderão se habilitar no processo de falência para tentar reaver os valores.


Valdir Almeida - Do G1 CE