sexta-feira, 4 de agosto de 2017

NEYMAR CHEGA AO PSG, PEDE ESTREIA NO SÁBADO E DIZ QUE NÃO BUSCA PROTAGONISMO


Atacante é apresentado em novo clube e, ao lado do xeque Nasser Al Khelaifi, afirma que "coração mandou" trocar de clube: "Vim buscar novos títulos e desafios. Sou movido a isso".

Após quatro anos de sucesso no Barcelona, Neymar já está em sua nova casa. O atacante foi apresentado oficialmente nesta sexta-feira como jogador do Paris Saint-Germain e concedeu a primeira entrevista coletiva como atleta do clube, ao lado do dono da equipe, xeque Nasser Al-Khelaifi. O evento ocorreu na sala de imprensa do estádio Parc des Princes - onde o brasileiro terá seu primeiro contato com os torcedores neste sábado, antes do duelo entre o PSG e o Amiens, na estreia no Campeonato Francês. Neymar, inclusive, se colocou à disposição para entrar em campo na partida, dizendo que é "fominha". O SporTV transmite o jogo ao vivo, às 12h15 (de Brasília), e o GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real, com vídeos.

- Por que não amanhã? - disse, sorrindo.

A apresentação começou com muitos elogios do presidente, que chamou o astro de "melhor do mundo". Neymar agradeceu e, na sequência, apontou que a busca pelo protagonismo - razão apontada pela imprensa mundial como a principal para a troca - não foi o que o levou a deixar o Barcelona de Messi e rumar para o Paris Saint-Germain. Incisivo, o astro afirmou que queria um novo desafio para a sua carreira.

- Não influenciou absolutamente em nada (o protagonismo). Meu desejo de vir ao Paris foi por querer um novo desafio, buscar algo diferente. Não é porque eu estava me sentindo incomodado lá, por protagonismo... Isso nunca busquei na minha vida, é totalmente relativo. É diferente falar de protagonismo, não é isso que quero, que eu vim buscar. Vim buscar algo novo, um desafio. Vim buscar os títulos que essa torcida e esse clube merecem. Vim atrás de novos títulos, desafios. Sou movido a isso, querer desafios, algo maior, estar sempre me superando. E por isso estou aqui - resumiu o novo camisa 10 do PSG.

Neymar se disse "muito feliz por tudo", elogiou Paris e apontou que faltavam palavras para "descrever o momento" que vivia. O atacante disse que a decisão de deixar o Barcelona "não foi fácil", e que pesou o que sua emoção ordenou. Apontando que a ambição do PSG "é parecida" com a sua, o brasuca disse que seu coração "pediu para ir" ao clube francês. E se irritou ao comentar a possibilidade de as altas cifras envolvidas na transferência terem o convencido a troca de clube.


- O que tenho para dizer para essas pessoas, é que não sabem nada da minha vida. Dinheiro nunca foi a primeira coisa que pensei. Eu sempre penso em primeiro lugar na felicidade da minha família. Só tenho a lamentar pelas pessoas que pensam dessa forma.


Por: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário