quinta-feira, 20 de outubro de 2016

APÓS 62 DIAS SEM ÁGUA NO CANAL ORÓS/FEITICEIRO FAMÍLIAS FAZEM MANIFESTAÇÃO E AMEAÇAM FECHAR PARTE DA VÁLVULA SE NADA FOR FEITO




Na manhã desta quinta-feira 20/10 cerca de 40 famílias de Orós (região da Caatinga) e Jaguaribe que vivem o drama da seca fizeram uma manifestação no complexo da cogerh (Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos) na válvula pedindo que a água do canal Orós/Feiticeiro volte; Já que a mesma foi cortada totalmente a 63 dias e os moradores estão sem água para o consumo humano e animal.

Essa já é a quarta vez que os moradores vem para pedir a água no canal e nada foi resolvido. A equipe da cogerh mais uma vez deu um prazo desta vez até domingo dia 23/10.

De acordo com Francieudo Barbosa (presidente do sindicato dos trabalhadores rurais de Orós “nós pela quarta vez confiamos na palavra da cogerh e vamos esperar até domingo 23/10, formamos uma comissão para acompanhar diariamente os trabalhos e caso nada seja feito vamos mobilizar toda a população para fazermos uma manifestação maior e fechar parte da válvula, talvez assim o governo nos enxergue”.

Outro morador em conversa com a reportagem do Portal Orós disse que “não somos contra a retirada das águas do açude Orós para Fortaleza nós só queremos ter o mesmo direito de usar a água do nosso Orós, já são 63 dias sem um pingo de água no canal Orós/Feiticeiro e o sofrimento do povo e dos animais não tem explicação”.


Por Josemberg Vieira Portal Orós

Nenhum comentário:

Postar um comentário