terça-feira, 30 de abril de 2013

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Inaugurada a mais nova loja de cosméticos de Orós “MC COSMETICS”


Nesta segunda-feira (29/04) aconteceu a tão esperada inauguração da loja Mc cosmetics. A loja pertence ao empresário Marquinho cabeleireiro e sua família.

Durante a inauguração da loja que contou com a presença de amigos e muitos clientes, o empresário Marquinho cabeleireiro disse que esta loja é a realização de um sonho, concretizado com muito trabalho e dedicação.
A loja que funciona na Rua Epitácio Pessoa 34 no prédio onde funcionava a farmácia progresso, bem no centro de Orós, oferece vários produtos profissionais e populares, material para manicure, esmaltes e uma grande variedade de produtos para você mulher que gosta de estar antenada nos look´s e tendências da moda.

Venha conhecer e aproveitar as promoções de inauguração da Mc cosmetics.

Parabéns ao empresário Marquinho cabeleireiro sua família e funcionários pela forma carinhosa e atenciosa que atenderam a todos os clientes e o Portal Orós deseja todo sucesso do mundo a vocês e que DEUS os ilumine hoje e sempre porque vocês são merecedores... Continuem assim...

Josemberg Vieira.

domingo, 28 de abril de 2013

Orós – 6º Campeonato esportivo de tiro ao alvo


O sexto campeonato esportivo de tiro ao alvo com armas de pressão realizado hoje domingo 28 de Abril no ladeira Clube, pode ser definido com apenas uma palavra: SUCESSO!

O evento superou as expectativas dos organizadores, o 6º Campeonato esportivo de tiro ao alvo teve a participação de competidores de Orós, Cariús, Jucas e Iguatú.


1º LUGAR MARCOS DEMILSON (CENTRO) - JUCAS (EQUIPE KILLSHOT)
2º LUGAR ANTONIO VALERIO (DIREITA) - CARIUS
3º LUGAR NEY ROBSON (ESQUERDA)- ORÓS (EQUIPE KILLSHOT)

O tiro esportivo com arma de pressão conquiste cada vez mais adeptos, em nossa região  várias equipes já estão se formando como, por exemplo, a equipe Killshot de Iguatú que tem a sua frente Fábio Moreira.
O próximo evento em Orós esta previsto para acontecer no dia 02 de Junho de 2013 sobre a coordenação do Reginaldo moto táxi e Professor Nascimento.

LEGISLAÇÃO SOBRE ARMAS DE PRESSÃO:

Armas de pressão não são armas de fogo!

Conforme o Ministério da Defesa e Exército Brasileiro, armas de pressão por ação de mola, com calibre igual ou inferior a 6 mm, não são armas de fogo. Portanto:

Não necessitam de registro para sua aquisição.

Não necessitam de Guia de Tráfego para serem transportadas.

Veja os Art. 16 e 17 da Portaria 36-DMB, de 09 Dez 1999:

Art. 16. As armas de pressão, por ação de mola ou gás comprimido, não são armas de fogo, atiram setas metálicas, balins ou grãos de chumbo, com energia menor que uma arma de fogo.

Art. 17. As armas de pressão por ação de mola, com calibre menor ou igual a 6 (seis) mm, podem ser vendidas pelo comércio não especializado, sem limites de quantidade, para maiores de 18 (dezoito) anos, cabendo ao comerciante a responsabilidade de comprovar a idade do comprador e manter registro da venda.

Foto dos ganhadores: Fábio Moreira

Todas as fotos estão no facebook do Josemberg Vieira

sábado, 27 de abril de 2013

Técnica inovadora ameniza efeitos da epilepsia no Cariri


Realizadas no Cariri cirurgias inéditas de implante de estimulador do nervo vago (VNS), para pacientes com crises epilepsia de difícil controle. As cirurgias aconteceram no último dia 3 e 24 de abril, com pacientes da própria região que decidiram se submeter ao tratamento inovador, por serem as primeiras do gênero no Nordeste e as únicas no Interior do Estado do Ceará.

O implante do aparelho foi realizado no Hospital São Vicente de Paulo, em Barbalha, pelo médico neurologista Cícero Job Maciel. A luta agora é para que a cirurgia, considerada de alto custo, seja custeada pelo Sistema Único de Saúde (SUS), conforme o médico.

Ele pretende implementar no Cariri um centro de referência no tratamento da epilepsia nos próximos anos. Mesmo não sendo um procedimento novo no Brasil, que há cerca de dez anos já realiza as cirurgias, o VNS é implantado desde 1997 nos Estados Unidos, de onde o Brasil importa esses pequenos aparelhos que mais parecem com um chip minúsculo, feito com material siliconado, e que passa até despercebido pelo paciente.

Bons resultados

Os efeitos positivos do tratamento chegam a até 70% de reduções das crises, conforme análise com alguns grupos avaliados. Segundo o médico, a primeira paciente a realizar o procedimento é uma auxiliar de enfermagem da cidade de Juazeiro do Norte, de 25 anos, que sofria crises sucessivas. "No momento em que fazia os exames finais para realizar o implante, ela chegou a passar por duas no consultório", diz Cícero Job.

Ele comemora o resultado do acompanhamento com a paciente, que em oito dias não teve crises. "É um ganho importante, sobretudo para a qualidade de vida das pessoas", ressalta.

Sintomas

A epilepsia, conforme o médico, causa uma alteração no ritmo de funcionamento do cérebro, por algum tipo de estímulo externo, como uma cisticercose, ou um outro parasita, uma noite mal dormida por excesso de café, stress, mas o grande peso é herança familiar, a hereditariedade. A estimativa de pessoas no mundo com o problema chega a ser de 1% a 2%, isso em países mais avançados.

No Brasil, de acordo com Cícero Job, é mais preocupante, atingindo até 4% da população. Pelo menos 20% dessas pessoas tem epilepsia de difícil controle. Mas, apenas uma parte poderá receber o aparelho. Um dos aspectos positivos relacionados ao implante é a cirurgia relativamente simples e menos invasiva.

O VNS, conforme Cícero Job, tem um trajeto na região do pescoço onde é implantado dois eletrodos, que estimulam o nervo vago. O tratamento veio depois de uma descoberta de que, com o estímulo, ocorre a liberação de várias substâncias, dentre elas a serotonina e a noradrenalina. Em consequência disso, há a redução das crises.

Custo

O investimento para esse tipo de cirurgia é de R$ 50 mil a R$ 100 mil. Essa realidade poderá estar distante para grande parte das pessoas que sofrem com as crises, mas a própria direção do Hospital São Vicente já disponibilizou leitos de UTI e estrutura necessária para a efetivação desse serviço, incluindo no tratamento de crianças. "Infelizmente, se esbarra na questão política, que ainda não ter força suficiente para trazer a cirurgia. Muitas pessoas seriam beneficiadas", lamenta.

Para Cícero Job, pode até não haver tanto a redução na quantidade das crises, mas a intensidade delas tem uma queda significativa. "Relativamente, na medida em que a gente vai aumentando o estímulo, diminuem as crises", constata.

Mesmo com os altos custos, ele afirma que em menos de dois anos esse tratamento poderá compensar em relação à quantidade de medicamentos que o paciente toma. A auxiliar de enfermagem estava sendo medicada com quatro tipos de remédios.

O segundo paciente a se submeter ao tratamento, de 26 anos, está em avaliação. Mesmo após uma cirurgia para a retirada de um tumor, as crises não cessaram e veio a alternativa do implante. A juazeirense desde a infância convivia com as crises, de difícil controle. Mesmo com os medicamentos, não estava conseguindo ter uma melhora do quadro. Uma pequena quantidade de estímulos do aparelho estava sendo liberada pelo médico, desde o último dia 3, data da cirurgia, e com bons resultados. Agora, a cada quinzena esse trabalho será feito de forma mais intensa.

Outras intervenções

Mas há outras cirurgias voltadas para a epilepsia. Pelos menos umas oito a nove para o tratamento. A mais utilizada no Brasil é a retirada do lobo temporal, que não precisa inserção de aparelho. "A gente encontra o foco da crise nesse local, e retira o hipocampo", explica.

Essa é a cirurgia mais comum para os casos de epilepsia, e de baixo custo, mas é a mais agressiva e o paciente está exposto a riscos maiores, podendo ter problemas de fala, por exemplo. "Mas, quando é bem indicada, os resultados são muito bons e o paciente pode ter cura", diz.

Para o paciente realizar uma cirurgia de implante do VNS, deve suportar uma anestesia geral, ter crises de difícil controle e vários focos de origem das crises no cérebro. Segundo Job, o estimulador nesse caso passa a ser bem indicado.

Mais informações

Cícero Job (neurologista)
Clínica Med Sono
Rua Santa Rosa, 609
Centro - Juazeiro do Norte
Telefone: (88) 3512.3468

Elizângela Santos
Fonte: Diário do Nordeste

27 de Abril - Dia da Empregada Doméstica


Dia 27 de abril é o Dia da Empregada Doméstica. A data é uma homenagem à padroeira das domésticas, Santa Zita, que nasceu em 1218 na cidade de Lucca,  Itália, trabalhou como empregada para uma família de nobres e foi canonizada em 1696.
Dia da Empregada Doméstica
27 de Abril
PARABÉNS...

Parabéns a todas as empregadas domésticas


sexta-feira, 26 de abril de 2013

PAPIM MOTOS E CIA DA AVENTURA EM MAIS UMA TRILHA

Emoção, adrenalina, amizade e paisagens maravilhosas nesta aventura.

quinta-feira, 25 de abril de 2013

TV VERDES MARES MOSTROU ACIDENTE COM OROENSE

 Em Icó, acidente entre moto e carro deixa dois feridos:


Esse acidente aconteceu na última terça-feira 23/04 por volta das 17:30 onde o oroense Márcio Antônio da Silva e um garupeiro que não conseguimos a sua identificação se envolveram num grave acidente de moto no distrito de Lima Campos o mesmo foi socorrido pela polícia civil para o hospital regional de Icó e em seguida foi transferido para Fortaleza.

Josemberg Vieira


Cantos e encantos de Orós

Quem não acordou cedinho perdeu está cena maravilhosa.

quarta-feira, 24 de abril de 2013

HEMOCE - Campanha Para Doação de Sangue em Orós


O HEMOCE em parceria com a Clínica Vida Severina e Secretária de saúde estará em Orós neste sábado 27 de Abril a partir das 07 da manhã até ás 15h00min horas com a campanha de doação de sangue. A Clínica Vida Severina está Rua Domingos Paes, nº 73, telefones [88] 3584 1991 / 9940 4343 próximo ao Hospital e Maternidade Luzia Teodoro da Costa.

Requisitos básicos para doação:

- Estar em boas condições de saúde.
- Ter entre 16 e 67 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos necessário autorização e documentação do responsável)
- Pesar no mínimo 50kg.
- Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).
- Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).
- Apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social).

Saiba quais as principais dúvidas sobre a doação de sangue:

Quantos litros de sangue uma pessoa possui e quanto é retirado na coleta para doação de sangue?
Um adulto, possui em média, cerca de 5 litros de sangue. No ato da doação, são coletados mais ou menos 450ml de sangue, ou seja, menos de 10% da quantidade total de sangue em circulação no corpo.

É seguro doar sangue?
A doação não traz dano ao doador. A coleta é feita por profissionais da saúde e todo o material utilizado é estéril, descartável e de uso individual. Além disso, o doador passa por uma consulta, antes de doar, onde são avaliadas suas condições clínicas.

Tenho que estar em jejum para doar?
Para doar sangue o candidato não poderá estar em jejum. No dia da doação, o doador deve se alimentar bem, evitando alimentos gordurosos.

• Quanto tempo leva para o organismo repor o sangue doado?
Logo após a doação, o organismo começa a trabalhar para compensar a quantidade retirada, em 24 horas, o volume de sangue será o mesmo e outros fatores e células do sangue estarão em níveis anteriores à doação em alguns dias.

Após a doação, preciso tomar algum cuidado especial?
Após a doação, recomenda-se que o doador descanse durante 5 ou 10 minutos. Os doadores fumantes devem evitar o uso do cigarro por uma hora antes e após a doação. Não é aconselhado a ingerir bebidas alcoolicas durante 5 horas . É importante que você não realize nenhum esforço físico até o dia seguinte ao da doação. E o mais importante, compartilhe sua experiência com seus amigos para que estes também se sintam motivados a doar sangue.

• Quantas vezes posso doar durante o ano?
Os doadores do sexo masculino, podem realizar até 4 doações ao ano, sendo necessário um intervalo de dois meses entre uma doação e outra. As mulheres, podem realizar até 3 doações ao ano, com pausa de três meses entre uma doação e outra.

O que é "sangue universal"?
É o sangue tipo O Negativo. É considerado universal porque pode ser transfundido em qualquer pessoa, independente do seu tipo sanguíneo, salvo em raríssimos casos. É o sangue que salva nas situações de emergência. No Brasil, apenas 5% da população tem esse tipo sangüíneo. Por isso, os hemocentros encontram muita dificuldade em manter estoques regulares de sangue tipo O Negativo.

As pessoas que tem tatuagem, podem doar?
As pessoas que possuem tatuagem, podem doar sim, mas a doação só pode ser realizada após um ano da realização do procedimento.

As pessoas que tem piercings, podem doar?
Doadores que usam piercing em regiões mucosas (cavidade oral e/ou região genital), não devem ser liberados a doar, devido aos riscos permanentes de contaminação bacteriana. O usuário de piercing na região da cavidade oral e/ou região genital, só poderá realizar a doação após 12 meses da retirada. Os candidatos que possuem piercing na região nasal, podem realizar a doação após três dias da realização do procedimento, porém é necessário uma avaliação do profissional do Hemoce. Avalia-se também como o procedimento foi realizado.

Estou amamentando, posso doar?
Caso a interessada em doar esteja amamentando, a doação só pode ser realizada após o primeiro ano de vida do bebê.

• Quem está tomando medicamento pode doar?
Os candidatos à doação que estiverem fazendo uso de medicamento, devem entrar em contato com o setor de coleta do Hemoce, no telefone (85) - 3101.2311 para maiores esclarecimentos.

Doar sangue é doar vida é um ato de amor ao próximo, durante muitos anos eu Josemberg Vieira foi doador de sangue mais infelizmente não posso ser mais doador devida a minha diabetes sempre alta mais se você está em dia com os requisitos de doador seja um doador e salve vidas...

Estelionatários atuam em Orós


Recentemente uma quadrilha foi presa em Orós com documentação falsa de aposentados e fazendo empréstimos nos bancos de nossa cidade mais ainda bem que esses foram presos.

Outro caso que chamou a atenção foi à ação de um homem com idade entre 47 ou 55 anos magro e dizendo-se de Lima Campos, procurou um proprietário de um terreno no loteamento em frente ao mutirão Wellington Jr. disse que compraria um terreno que custa 6 mil reais e comprou o mesmo por 12 mil, (pequeno detalhe não pagou) e procurando mais terrenos para comprar no local, dizendo que teria de ir a Icó para pegar o dinheiro, mais antes foi a uma loja de construção de Orós comprou algumas ferramentas com a promessa de comprar todo material para construir a casa no terreno e ainda com uma lábia fora do normal fez com que o proprietário comprasse um pneu de Biz e por cima contratou dois homens para limpar e fazer o alicerce no terreno.   

E para completar a história o tal estelionatário disse ao dono do terreno que precisava comprar uma moto para ficar vindo todo dia para Orós e um moto táxi foi a vítima da vez vendeu uma de suas motos por 2.500 reais, mais ele o estelionatário teria de ir pegar dinheiro na caixa mais tinha de ir na moto para ser mais rápido e com aquela velha lábia levou a moto e o documento. Vitimas o dono do terreno e o dono a loja de construção que não receberam e o moto táxi que teve sua moto roubada. Depois de tudo isso DESAPARECEU ninguém mais ouviu falar do tal homem.

Mais uma em Orós: Todos os meses aparecem alguns carros com doentes pedindo doações em dinheiro ou alimento.

Vocês já perceberam que: São sempre os mesmos carros e o mesmo motorista e a mesma gravação só mudam os doentes?

O estrema é simples: O dono do carro contrata os doentes que ganham uma mixaria e todo lucro vai para o dono do carro.

Então minha gente quando a conversa for bonita e comprida desconfie como já diz o ditado “quando a esmola é demais o santo desconfia”... E tudo cuidado é pouco...

Josemberg Vieira

Oroense se envolve em acidente de moto em Lima Campos - Icó


Ontem 23/04 por volta das 17:30 o oroense Márcio Antônio da Silva se envolveu num acidente de moto no distrito de Lima Campos o mesmo foi socorrido pela polícia civil para o hospital regional de Icó e em seguida foi transferido para Fortaleza, ontem a noite o Portal Orós esteve na residência dos pais de Márcio no mutirão Wellington Jr. e eles nos informaram que o mesmo teve várias escoriações e quebrou a perna e que seu estado de saúde era estável.

Hoje teremos mais informações a respeito de como foi esse acidente com o boletim de ocorrência da polícia. O que se sabe é que o Márcio estava em uma moto e colidiu com um carro.

Josemberg Vieira

terça-feira, 23 de abril de 2013

COMUNICADO - CURSO DE MÚSICA EM ICÓ


A Secretaria de Cultura e a Coordenação do Núcleo de Música Sobrado Canela Preta comunica que a matrícula para os cursos de música estará aberta a partir de 24/04 (próxima quarta-feira), no Sobrado Canela Preta, nos horários manhã, de 7h30 às 11h30, e tarde, das 13h30 às 17h30. Os alunos de escola pública deverão comparecer com cópia de RG ou Certidão de Nascimento, declaração da Escola e comprovante de residência. Os alunos de escola particular deverão comparecer com cópia de RG ou Certidão de Nascimento, comprovante de residência e pagar uma taxa única de R$ 20,00. As aulas iniciarão no dia 02 de maio de 2013. Inicialmente, os curso
s terão dois níveis: iniciante e experiente.

Atenciosamente,

Coordenação do Núcleo de Música Sobrado Canela Preta
Secretaria de Cultura de Icó

Blog Central Icoense

Barro-CE: Exclusivo! Quase 15 quilos de cocaína apreendidos por agentes da Polícia Rodoviária Federal


O mecânico João Pereira da Silva Neto, de 41 anos, rodou cerca de 2,5 mil quilômetros desde São Paulo e veio ser preso no Cariri quando passava na direção de Fortaleza a menos de 500 Km do destino final. Dentro de um fundo falso no pára-choque traseiro do carro em que viajava agentes do posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Milagres encontrara
m 14 tijolos de cocaína pesando cerca de um quilo cada. A droga está avaliada em aproximadamente meio milhão de reais.

Ele nasceu no município de Petrolina (PE), mas reside há 23 anos na Rua João Teles do bairro Sapopemba no distrito do mesmo nome na zona sudeste de São Paulo, onde funciona sua oficina. Por volta das 17 horas desta segunda-feira o veículo Honda Civic de cor prata e placas MON-5974, inscrição de São Paulo (SP), foi interceptado à altura do Km 434 da BR-116 no município de Barro. Os agentes da PRF Régino e Lívio faziam uma blitz de rotina e estranharam o comportamento confuso do motorista.

As reticências e a apreensão dele foram um passo para os policiais iniciarem buscas no carro gerando certa aflição no semblante de João Pereira. Nas imediações do pára-choque os “federais” perceberam uma pintura diferente e recente até a descoberta da cocaína. Ele não teve outro caminho e já foi se entregando como “mula” que estaria “pela primeira vez” conduzindo drogas por cujo “serviço” receberia R$ 3 mil, pois estava “precisando de dinheiro”, mas não era do seu conhecimento quem o contratou.

O motorista não negou que sabia da droga, porém desconhecia a quantidade e quem teria feito o fundo falso para esconder a substância entorpecente. Também não soube dizer a quem entregaria. Apenas iria estacionar o carro em um hotel na Beira Mar de Fortaleza quando alguém apanharia a cocaína no Honda Civic o qual não sabe a quem pertence. João Pereira foi ouvido e autuado em flagrante pela Delegada da Polícia Federal de Juazeiro, Josefa Maria Lourenço da Silva.

Todavia, não foi fácil chegar à terra de Padre Cícero. Na viagem, a viatura da PRF tombou às margens da rodovia estadual entre a Barragem do Rosário e o Café da Linha em Milagres. Ninguém se feriu e os agentes seguiram adiante se juntando a um colega que conduzia o Honda Civic. Esta foi a maior apreensão de drogas nos últimos anos na região do Cariri. Agora, a polícia dará seqüência às investigações para tentar descobrir quem vendeu a droga em São Paulo e quem a receberia em Fortaleza.

Miséria – Foto: Normando Sóracles/Agência Miséria.

Carência no estado do Ceará, segundo ACM, é de 122 juízes


A situação de falta de juízes no município de Icó (a 358 quilômetros de Fortaleza), conforme mostrado ontem pelo O POVO, não é um caso isolado. O problema se verifica em praticamente todo o Estado, sendo que alguns municípios estão há meses sem magistrados em suas comarcas. De acordo com a Associação Cearense de Magistrados (ACM), atualmente há carência de 122 juízes no Ceará.

O Estado está dividido em nove zonas judiciais, cada uma com número diferente de comarcas. Em todas há déficit de juízes. Segundo o presidente da ACM, Ricardo Barreto, a situação mais delicada no momento se encontra na 9ª Zona, de Crateús, onde 22 das 28 vagas estão ociosas. “Existe uma forte preocupação com Crateús e suas comarcas adjacentes, tendo em vista o grande vazio de juízes na região e a complexidade própria daquela área do Estado”, afirma Barreto.

Outro quadro grave está no Centro-Sul. Na 2ª Zona, de Iguatu, há 25 cargos de juízes, mas somente sete estão preenchidos. Em Sobral, no norte do Estado – área da 7ª Zona – são 36 cargos, dos quais 14 estão vagos. Neste cenário, magistrados passam a responder por mais de uma comarca ao mesmo tempo, gerando aumento de tempo na resolução dos processos. “Assim o cidadão não vê o processo avançar e perde a confiança na Justiça”, afirma o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – secção Ceará (OAB-CE), Valdetário Monteiro.

Segundo ele, a falta de juízes implica diretamente na morosidade da Justiça e isso, em determinados municípios, acaba motivando os cidadãos a se utilizarem de meios violentos para “fazer Justiça”. Nessa situação, diz Valdetário, os advogados também são prejudicados, pois se veem atados em sua tarefa de intermediação. “Acaba sendo um dano à sociedade, à advocacia e à Justiça”, pontua.

O problema da falta de juízes no Interior se agravou nos últimos quatro anos, quando a estrutura do Judiciário na Capital foi ampliada. Nesse processo, magistrados que estavam nas comarcas do Interior foram chamados para as varas de Fortaleza, gerando desfalque nos demais municípios.

Na última quinta-feira, 18, o Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE) homologou o concurso para juiz substituto. Foram aprovados 38 candidatos, para 25 vagas, com formação de cadastro de reserva.

Por quê
ENTENDA A NOTÍCIA

A falta de planejamento de longo prazo é apontada como uma das causas da falta de estrutura da Justiça no Interior. A realização de concursos públicos é vista como ação imediata para amenizar o problema.

Saiba mais

Os dados mais recentes do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) revelam que, em 2011, o Ceará tinha 5,7 juízes para cada grupo de 100 mil habitantes. A média é menor que a nacional, de 6,2, mas ainda assim é a terceira melhor do Nordeste, atrás de Sergipe (7,1) e do Rio Grande do Norte (6,3). Na Alemanha, que tem sua Justiça entre as mais ágeis do mundo, essa proporção é de 24 magistrados para cada 100 mil pessoas.

O POVO tentou obter informações com a assessoria de comunicação do TJ, que solicitou que um email fosse encaminhado com os questionamentos - o que foi feito ainda na manhã de ontem. Até o fechamento desta página, porém, não houve retorno.

O Povo

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Pesca esportiva movimenta economia de Jaguaribara


Jaguaribara Mais uma vez o Açude Castanhão foi palco da II Etapa do IV Circuito Apeece de Pesca Esportiva, realizado no último sábado, dia 20. A Associação dos Pescadores Esportivos do Estado do Ceará (Apeece), realizadora do evento, reúne pescadores esportivos de todo o Estado para uma manhã em busca de boa pescaria. Com o lema "Pesque, grafe e Solte", a entidade procura difundir a modalidade e o respeito com o meio ambiente.

Na classificação final da competição, a equipe Tucunas, composta pelos pescadores Henrique Oliveira, Herbert Freitas e Henrique Elleri, subiu ao pódio em primeiro lugar. O Açude Castanhão é o único local fora da Bacia Amazônica onde se pode capturar exemplares de tucunaré acima de 10 kg.

Nem a chuva de 78 mm que caiu sobre a cidade no último sábado impediu que as 20 embarcações se lançassem no açude em busca da pesca perfeita. Ao todo, 60 pescadores divididos em 20 equipes de três pessoas participaram da edição. A largada foi dada às 6 horas da manhã, ainda com chuva e encerrada às 17h. Mesmo com o tempo chuvoso, os organizadores avaliaram que toda a prova ocorreu dentro da normalidade.

O destaque da competição, mais uma vez, ficou por conta dos grandes exemplares capturados. Foram quase 30 tucunarés entre 50 e 70 cm, com peso variando entre 3kg e 6 kg, sem contar o exemplares de menor tamanho, que somaram mais de 250 peixes, todos devolvidos ao seu habitat natural.

Na edição de 2012, o pescador Rômulo Patrik surpreendeu a todos ao exibir um tucunaré de 11,8 kg, sendo seis vezes o peso normal. É um recorde nacional fora da Bacia Amazônica.
"Esse resultado é uma prova inequívoca, do elevado potencial turístico do município de Jaguaribara e do Açude Castanhão. Este último, é o grande tesouro do pescador esportivo do Ceará, encravado nas encostas da Serra da Micaela", afirma Odorico Moraes, um dos sócios a Apreece.
Condições ideais

Segundo conta a Secretária Executiva de Pesca e Aquicultura do município, Livia Barreto, a associação encontrou no Açude Castanhão o local ideal para a pesca esportiva. "Segundo os sócios, que já pescaram em vários açudes do País, tanto a cidade de Jaguaribara quanto o Açude, oferecem condições ideais para a prática", afirma.

Na classificação final da prova a equipe Tucunas, composta pelos pescadores Henrique Oliveira, Herbert Freitas e Henrique Elleri, subiu ao pódio em 1º lugar, seguida das equipes Pitbull (Edmundo Rodrigues, Henrique Almeida e Lúcio Braga) e Anzol de Ouro (Thiago Lopes, Odorico Moraes e Gil Queiroz), em 2º e 3º lugares, respectivamente. Na premiação, houve entrega de troféus aos vencedores, bem como de roupas simbólicas a três moradores da Vila Pesqueira, próximo à divisa com o município de Alto Santo. A associação realiza anualmente a doação de roupas e alimentos a comunidades carentes da região.

A atividade também alerta para a pesca ilegal e predatória no açude. Atualmente mais de 400 famílias sobrevivem da aquicultura no açude. A III Etapa do IV Circuito Apeece será no Açude Trussu, no município de Iguatu, no próximo mês de julho.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Turisto, Pesca e Aquicultura do município (Sedeta), André Siqueira, o Açude Castanhão é o único local fora da Bacia Amazônica onde se pode capturar exemplares de tucunaré acima de 10 kg. Ano passado foi estabelecido o primeiro recorde brasileiro para a espécie Cichla pinima, que pesava aproximadamente 12 kg.
Turismo

Ainda segundo Siqueira, o turismo de pesca movimenta a economia regional, gerando inúmeras atividades pela prática da atividade. "Envolve a oferta de equipamentos, transporte (principalmente as embarcações especializadas), hospedagem, alimentação, lojas de material para pesca e outras atividades complementares que existem em função do turismo da pesca esportiva".

O turismo local é potencializado pela pesca esportiva, mas há outras atividades que também movimentam o setor, como as trilhas na Serra da Mikaela, visita ao sítio arqueológico de gravuras rupestres, recentemente reconhecidos pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico nacional (Iphan), visita à Casa da Memória (onde há guardado objetos da antiga cidade) e a visita ao açude, semanalmente por turistas de vários lugares.

A Sedeta desenvolveu em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) o Projeto de Qualificação Profissional para o Turismo em Jaguaribara. O projeto visa a qualificação profissional para atuar no turismo local, possibilitando a geração de ocupação, trabalho e renda para os envolvidos, além de preparar a cidade para oferecer excelentes produtos e serviços para os turistas.

"Nós recebemos periodicamente grupos de alunos de escolares particulares da Capital cearense que visitam a cidade e o açude Castanhão. Todo o roteiro de visitas é acompanhado pela equipe da Secretaria", complementa Siqueira.

COMPETIÇÃO

250 peixes de pequeno porte foi o resultado final da segunda edição do torneio. Quase 30 tucunarés foram capturados. Peixes foram devolvidos ao açude.

Mais informações

Associação dos Pescadores Esportivos do Estado do Ceará (Apeece)
Telefone: (85) 3061.2179
Atendimento: 14h às 17h
ELLEN FREITAS - COLABORADORA

Diário do Nordeste

Duas mortes a cada dia por acidente de moto


Não há tempo que conforte algumas dores. Nem explicações que acabem com a saudade dos que veem os seus transformados em números de tristes estatísticas. No caso dos acidentes de motocicleta, a cada ano são mais famílias marcadas pela perda. No ano passado, foram 887 os mortos em ocorrências do tipo no Ceará, segundo o Departamento Estadual de Trânsito. Uma média de mais de duas mortes a cada dia. O número é 243% maior que em 2002.

Cada unidade desses milhares registra passagens de imprudência (própria ou dos outros) em ruas e estradas cearenses, mas, acima disso, de inconformismo com a interrupção do percurso. O POVO foi em busca de familiares de alguns dos motociclistas descritos em número nas estatísticas e encontrou quatro histórias de saudade.

São dores como a da aposentada Francisca Pereira de Souza Araújo. Até hoje, quase cinco meses depois de perder o companheiro João, ao passar pelo local em que a moto “sobrou” na curva, ela procura algo dele. Culpa da saudade.

Gravidade

Os acidentes de motocicleta são mais graves - e, consequentemente, mais letais - que as ocorrências de carro porque, em moto, a proteção do condutor é, basicamente, o próprio condutor. “(A moto) não tem cinto, para-choque, o motociclista cai direto no solo”, lembra o médico Lineu Jucá, cirurgião vascular do Instituto Doutor José Frota (IJF). Jucá pesquisou o perfil das vítimas de acidente de motocicleta que dão entrada no maior hospital de traumas do Ceará.

 Para o médico, seria preciso considerar a periculosidade das motocicletas na hora de conceder a habilitação para conduzi-las. Jucá considera que a educação para o trânsito deveria ser conteúdo escolar e todos os municípios deveriam ter departamento de trânsito. “Nenhuma ação está sendo feita”, alerta, citando que a situação da violência do trânsito é epidemia - especialmente quando o assunto são as motocicletas.

Porquê
ENTENDA A NOTÍCIA

A imprudência e os descuidos no guidom (e também no volante) deixam cada vez mais famílias sem integrantes e fazem com que os acidentes sejam considerados epidemia. Número de mortes em acidentes de moto cresceu 243% em10 anos.

O povo

sábado, 20 de abril de 2013

Dr. Adoniran Lopes

    Dr. Adoniran Lopes
      Acupunturista /Auriculoterapeta
     CRTR : 00241 N

VEREADORES EM AÇÃO: SESSÃO DE 19 DE ABRIL DE 2013.


Na sessão desta sexta-feira 19/04 os vereadores Aldalice Gomes, Irineuda do BSG, Vicente Pinto e Elisângela estiveram presentes a sessão defendendo os direitos do povo oroense.  Vejam os requerimentos dos edis oroenses:






Aldalice Gomes
Requerimento N° 152/2013 de 17 de Abril de 2013 – Solicita a Prefeitura de Orós, a recuperação dos calçamentos no distrito de Guassussê, na entrada e saída para Iguatú tendo início no galpão dos feirantes e centro da comunidade. Aldalice Gomes.

Requerimento N° 153/2013 de 17 de Abril de 2013 – Solicita a Prefeitura de Orós, o pagamento de horas extras trabalhadas nos plantões e o adicional noturno e insalubridade na forma da lei as técnicas e auxiliares de enfermagem servidoras da Prefeitura Municipal de Orós. Aldalice Gomes.

Elisangela Soares
Requerimento N° 154/2013 de 17 de Abril de 2013 – Solicita a Prefeitura de Orós, a construção de banheiros para as residências de baixa renda situadas nos sítios Cidade e Pereiro dos Pedros. Elisangela Soares.

Requerimento N° 155/2013 de 17 de Abril de 2013 – Solicita a Prefeitura de Orós, a construção de banheiros para as residências de baixa renda situadas no distrito de Palestina. Elisangela Soares.

Requerimento N° 156/2013 de 17 de Abril de 2013 – Solicita a Prefeitura de Orós, a construção de banheiros para as residências de baixa renda situadas no sítio Pai Antônio. Elisangela Soares.

Requerimento N° 157/2013 de 17 de Abril de 2013 – Solicita a Prefeitura de Orós, a construção de banheiros para as residências de baixa renda situadas nos sítios Baixas e Gouveia. Elisangela Soares.

Requerimento N° 159/2013 de 17 de Abril de 2013 – Solicita a Prefeitura de Orós, a construção de banheiros para as residências de baixa renda situadas no sítio Cabeça de Negro. Elisangela Soares.

Irineuda do BSG
Requerimento N° 158/2013 de 17 de Abril de 2013 – Solicita a Prefeitura de Orós, a disponibilização de um veicula ambulância para o transporte de pacientes do bairro São Geraldo para o hospital local. Irineuda do BSG.

Requerimento verbal – De 19 de Abril de 2013 - Solicita a Prefeitura de Orós, o envio de ofício a Coelce e Cagece pedindo a instalação dos serviços das mesmas nas residências das cinco famílias que residem no conjunto na frente da nova creche do bairro São Geraldo os moradores procuraram a edil relatando as dificuldades de não terem água e energia em suas casas. Irineuda do BSG.
 Josemberg Vieira
Blogueiro e Radialista Profissional
(DRT:5842)


Oroense Aristone Moura na TV Maciço.com

Dia 1º de Maio aqui em Orós.

BOM DIA COM MUITA CHUVA EM ORÓS

Que amanhecer abençoado por DEUS com muita chuva em Orós, 
obrigado meu DEUS...



sexta-feira, 19 de abril de 2013

PARABÉNS DIA 18 DIA NACIONAL DO LIVRO E 19 DE ABRIL DIA DO ÍNDIO


18 de Abril Dia Nacional do Livro
Destacamos a escritora e professora Oroense Elaine Cristina.
19 de Abril Dia do Índio.

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Projeto que anistia PMs e bombeiros grevistas do Ceará deve ser votado na próxima semana


O projeto que garante anistia para policiais e bombeiros militares que fizeram greve do fim de 2011 ao começo de janeiro de 2012 poderá ser votado na próxima quarta-feira. A matéria sofreu adiamento quando estava na pauta de quarta-feira, na Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Cássio Cunha Lima (PMDB/PB) pediu vistas.

Segundo o vereador Capitão Wagner (PR), que esteve em Brasília articulando a votação, a anistia dos cerca de 300 PMs e bombeiros, que é projeto do senador José Pimentel (PT), deve ser aprovada e, feito isso, ser encaminhada para o crivo da Câmara.

Capitão Wagner (PR), tem raízes em Orós mais precisamente na Palestina.

Blog do Eliomar

Aprovado tempo menor para aposentadoria


Projeto aprovado ontem pela Câmara dos Deputados reduz os limites de idade e de tempo de contribuição à Previdência Social para a aposentadoria de deficientes físicos. O texto já foi aprovado pelo Senado e seguirá para sanção da presidente Dilma Rousseff. Segundo o secretário nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Antonio José Ferreira, da Secretaria de Direitos Humanos, as mudanças têm o apoio do governo.

  
Atualmente, a legislação não estabelece diferenciação nos critérios de aposentadoria para deficientes físicos. O projeto prevê que, para os casos de deficiência grave, o limite mínimo de tempo de contribuição para aposentadoria integral de homens passe dos 35 para 25 anos.


No caso de mulheres, a redução será de 30 para 20 anos. Quando a deficiência for moderada, as novas condições para aposentadoria por tempo de contribuição passam a ser de 29 anos para homens e de 24 para mulheres. Caso a deficiência seja leve, o tempo será de 33 anos para homens e 28 para mulheres.


Caberá aos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social atestar o grau de deficiência, com base em critérios que ainda terão que ser regulamentado.


Independentemente do grau de deficiência, a aposentadoria por idade passa de 65 para 60 anos, no caso dos homens, e de 60 para 55 anos, no caso das mulheres. Nesse caso, será exigido, porém, o cumprimento de um tempo mínimo de 15 anos de contribuição e a comprovação da deficiência por igual período.


Benção

Segundo Ferreira, o governo aprovou um estudo de impacto financeiro da medida. “Há concordância no governo quanto à ideia de facilitar a aposentadoria para pessoas com deficiência. Pode ter um ponto ou outro que ainda precisa de análise, mas a presidente deve aprovar o projeto”, disse o secretário.


Depois de sancionado, o projeto deverá ser regulamentado pelo governo em seis meses. Segundo o secretário, serão levadas em conta novas diretrizes, que classificam o grau de deficiência por funcionalidade, levando em conta a limitação física e também do espaço. (das agências).

O Povo.

Aprovado tempo menor para aposentadoria


Projeto aprovado ontem pela Câmara dos Deputados reduz os limites de idade e de tempo de contribuição à Previdência Social para a aposentadoria de deficientes físicos. O texto já foi aprovado pelo Senado e seguirá para sanção da presidente Dilma Rousseff. Segundo o secretário nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Antonio José Ferreira, da Secretaria de Direitos Humanos, as mudanças têm o apoio do governo.

  
Atualmente, a legislação não estabelece diferenciação nos critérios de aposentadoria para deficientes físicos. O projeto prevê que, para os casos de deficiência grave, o limite mínimo de tempo de contribuição para aposentadoria integral de homens passe dos 35 para 25 anos.


No caso de mulheres, a redução será de 30 para 20 anos. Quando a deficiência for moderada, as novas condições para aposentadoria por tempo de contribuição passam a ser de 29 anos para homens e de 24 para mulheres. Caso a deficiência seja leve, o tempo será de 33 anos para homens e 28 para mulheres.


Caberá aos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social atestar o grau de deficiência, com base em critérios que ainda terão que ser regulamentado.


Independentemente do grau de deficiência, a aposentadoria por idade passa de 65 para 60 anos, no caso dos homens, e de 60 para 55 anos, no caso das mulheres. Nesse caso, será exigido, porém, o cumprimento de um tempo mínimo de 15 anos de contribuição e a comprovação da deficiência por igual período.


Benção

Segundo Ferreira, o governo aprovou um estudo de impacto financeiro da medida. “Há concordância no governo quanto à ideia de facilitar a aposentadoria para pessoas com deficiência. Pode ter um ponto ou outro que ainda precisa de análise, mas a presidente deve aprovar o projeto”, disse o secretário.


Depois de sancionado, o projeto deverá ser regulamentado pelo governo em seis meses. Segundo o secretário, serão levadas em conta novas diretrizes, que classificam o grau de deficiência por funcionalidade, levando em conta a limitação física e também do espaço. (das agências).

O Povo.

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Aceji mobiliza correspondentes


Salitre. Este município, na região do Cariri, serviu de palco para o XI Encontro Estadual dos jornalistas, radialistas e blogueiros do Ceará, Pernambuco e Piauí. O evento, promovido pela Associação Cearense de Jornalistas do Interior (Aceji) e Sindicato dos Correspondentes de Jornais e Emissoras de Rádio e Televisão do Ceará (Sincorce), com apoio da Prefeitura e Câmara Municipal de Salitre, aconteceu no último sábado.

Durante a programação do encontro, homenageados receberam troféus como reconhecimento do trabalho realizado em seus municípios

Teve como objetivo discutir demandas dos comunicadores e as problemáticas regionais, como a seca e as alternativas de convivência com o semiárido.

Cerca de 150 pessoas estiveram participando das palestras. Elas trocaram experiências e conhecimentos, participaram de oficinas de Jornalismo e de outros temas. De acordo com o presidente da Aceji, João Ferreira, é importante planejar as formas do fazer jornalístico. Ele destacou que a ética e a transparência são requisitos fundamentais à profissão

Estiveram presentes o vice-governador do Ceará, Domingos Filho, além de outras lideranças políticas. Os gestores da região aproveitaram a oportunidade para cobrar do governo do Estado a apresentação de soluções contra a seca. "A seca já virou uma constante no nosso município. Temos que buscar formas para a sobrevivência das atividades. Sozinha a Prefeitura não tem condições de solucionar o problema", afirmou o prefeito de Salitre, Rondilson Alencar.

O vice-governador comprometeu se em levar as reivindicações dos gestores ao Governador, Cid Gomes. O Encontro homenageou algumas instituições com a comenda Jornalista Dutra de Oliveira. Entre os homenageados destacou-se o Sistema Verdes Mares, entre outros.

Diário do Nordeste - Yaçanã Neponucena (Repórter)  

domingo, 14 de abril de 2013

VEREADORES EM AÇÃO: SESSÃO DE 12 DE ABRIL DE 2013.


Na sessão desta sexta-feira 12/04 os vereadores Aldalice Gomes, Irineuda do BSG, Vicente Pinto e Elisângela estiveram presentes a sessão defendendo os direitos do povo oroense.  Vejam os requerimentos dos edis oroenses:


Vereadora Aldalice:

Requerimento N° 126/2013 de 11 de Abril de 2013 – Solicita a Prefeitura de Orós, a canalização de esgoto situado ao lado da escola municipal no distrito de Santarém. Aldalice Gomes, Irineuda do BSG, Miúdo e Edmundo.
Ouça a fala da vereadora Aldalice:
  
Vereadora Irineuda do BSG:

Requerimento N° 130/2013 de 11 de Abril de 2013 – Solicita a Prefeitura de Orós, que seja mantido os cursos do EJA (Educação de Jovens e Adultos) e ensino médio período noturno na Escola Municipal Maria Evangelista Correia no bairro São Geraldo a mesma é legalizada perante o conselho estadual de educação e atende a demanda do BSG e a permanência do EJA e ensino médio proporcionará aos moradores daquele bairro a facilidade do estudo ao alcance de todos evitando o deslocamento para cidade visto que a maioria dos alunos são trabalhadores diurnos inexistindo motivos legais para o fechamento daquela unidade de ensino. Irineuda do BSG.
Ouça a fala da vereadora Irineuda:


Requerimento N° 138/2013 de 11 de Abril de 2013 – Solicita a Prefeitura de Orós, a construção de três quebra molas na Rua Francisco do Monte no bairro São Geraldo (BSG), devido ao abuso de alguns condutores de motocicletas que circulam em alta velocidade ponde em risco a vida dos moradores e inclusive já com um caso de atropelamento de uma criança naquela rua. Irineuda do BSG e Porfírio.

Os vereadores Aldalice Gomes, Irineuda do BSG, Elisangela Soares e Vicente Pinto falam dos seus primeiros 100 dias como vereadores.






 Josemberg Vieira
Blogueiro e Radialista Profissional
(DRT:5842)